quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Médico é preso por homicídio cometido há 23 anos em Londrina

Médico é preso por homicídio cometido há 23 anos em Londrina
Crédito da foto Para (foto: Pixabay)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Policiais do Grupo de Apoio e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) prenderam, na manhã de segunda-feira (21) em Londrina, o médico José Carlos da Costa.

Ele foi condenado em maio de 2010 a 15 anos de prisão pela morte do policial federal Sérgio Ferreira da Silva, durante uma briga de trânsito na avenida Ademar de Barros, zona sul da cidade, em 9 de abril de 1993. O médico fugiu do local e se apresentou à polícia dias depois. O policial deixou esposa e um filho de apenas seis meses à época.

Como havia recorrido da decisão, o médico estava em liberdade. No entanto, depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu referendar prisões de condenados em segunda instância, o mandado de prisão foi cumprido pelo Gaeco.

Ao ser detido, o médico passou mal e foi encaminhado ao Hospital do Coração. Ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e o quadro clínico inspira cuidados.

Outro homicídio

Não é primeira vez que José Carlos é preso acusado de provocar uma morte. Em abril de 2006, o médico endocrinologista foi detido acusado de homicídio doloso no caso da morte da vendedora Luciani Zanutto de Oliveira da Silva.

Em julho de 2001, a vítima procurou o médico para tratar a obesidade, e ele receitou fórmulas manipuladas. Dias depois, Luciani começou a tomar diariamente cápsulas de dois frascos diferentes, entregues no consultório médico.

Segundo a denúncia do Ministério Público, depois de dez dias de tratamento, a vítima começou a sentir sintomas como nervosismo, ansiedade, dores abdominais e insônia. Procurou o consultório, mas não conseguiu ser atendida, sendo orientada a voltar após 30 dias a contar do início do tratamento.

O quadro de saúde foi piorando, até que Luciani foi encontrada morta em sua cama, em 3 de agosto de 2001. O laudo de necropsia do Instituto Médico Legal de Londrina apontou como causa da morte intoxicação por derivado anfetamínico (dietilpropiona).

A 24ª Promotoria de Justiça de Londrina protocolou denúncia por homicídio doloso contra o médico e dois farmacêuticos acusados de prescrever e elaborar fórmula de emagrecimento, na 5ª Vara Criminal da Comarca, pedindo a prisão dos acusados. Somente depois de cinco anos, em abril de 2006, o responsável pelo Tribunal do Júri decretou a prisão do médico.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Massa News

Notícias Relacionadas

Comentar: Médico é preso por homicídio cometido há 23 anos em Londrina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596