Wednesday, 23 de September de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Português que desapareceu em Ponta Grossa é encontrado a 3,4 mil km de distância

Português que desapareceu em Ponta Grossa é encontrado a 3,4 mil km de distância
Photo Credit To Português saiu de carro sem destino (Foto: Reprodução)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Acabou na quarta-feira (2) o mistério sobre o desaparecimento do português Wilson Balzer, de 26 anos, que mora com a família em Ponta Grossa, nos Campos Gerais. Depois de mais de quase 15 dias, ele foi localizado dormindo dentro de um carro na BR-210, a cerca de 40 km de Macapá, capital do Amapá.

tuga1

Português saiu de carro sem destino (Foto: Reprodução)

Balzer desapareceu no dia 18 de fevereiro. Ele estava a 3,4 mil km de distância. “Uma equipe nossa achou estranho o carro parado no acostamento. Alguém estava dormindo com os pés no painel. Por volta das 19h30min, ele chegou aqui no posto e passamos a procurar informações até confirmar que se tratava dele mesmo”, comentou o policial rodoviário Jonas Felipe, que estava na equipe da PRF, para o Portal Seles Nafes.

Balzer é português, mas mora com os avós em Ponta Grossa. Ele terminou um relacionamento e, em depressão, pegou uma mochila e viajou pelo Brasil sem destino. Balzer afirmou que durante o período da viagem tomou mais de 100 comprimidos de paracetamol, sem explicar ao certo o motivo.

Familiares do português devem se encontrar com ele no Amapá nas próximas horas.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Banda B com Portal Seles Nafes

Related posts

Comentar: Português que desapareceu em Ponta Grossa é encontrado a 3,4 mil km de distância

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596