sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Vice dos EUA promete resposta “devastadora” se Coreia do Norte usar armas

Vice dos EUA promete resposta “devastadora” se Coreia do Norte usar armas
Crédito da foto Para EBC
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Do convés de um gigantesco porta-aviões, o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, recomendou nesta quarta-feira que a Coreia do Norte não teste o Exército norte-americano. Em visita ao Japão, o representante do governo Trump prometeu uma resposta efetiva a qualquer uso de armas, nucleares ou não, pelo país comunista.

(Foto: EBC)

Vestindo um uniforme militar verde, Pence discursou a bordo do porta-aviões batizado com o nome do ex-presidente Ronald Reagan. Ele garantiu que o governo Trump vai manter o esforço com aliados como Japão, China e outras potências globais para exercer pressão econômica e diplomática sobre Pyongyang. Ele advertiu os marinheiros, porém, que “como vocês sabem, a chave é a prontidão.”

“Os Estados Unidos da América sempre irão buscar a paz mas, sob o governo Trump, o escudo está a postos e a espada está pronta”, disse Pence a 2,5 mil marinheiros a bordo do porta-aviões, na base naval americana de Yokosuka, na Baía de Tóquio.

“Aqueles que desafiarem nossos objetivos ou nossa prontidão devem saber que vamos derrotar qualquer ataque e responder ao uso de qualquer arma, convencional ou nuclear, com uma devastadora e efetiva resposta americana”, disse.

O vice-presidente afirmou que os EUA vão honrar a aliança com os países do Círculo do Pacífico e proteger a liberdade de navegação no Mar da China Meridional, área marítima vital para a distribuição mundial.

Pence e o secretário de Defesa dos EUA, Jim Mattis, ressaltaram que o recente lançamento malsucedido de um míssil pela Coreia do Norte foi uma provocação imprudente. O vice ainda garantiu aos aliados na Ásia que o país está pronto para trabalhar pela desnuclearização pacífica da Península Coreana.

Mattis denunciou a tentativa de lançamento de míssil ao começar uma viagem ao Oriente Médio, informando jornalistas que o acompanhavam na Arábia Saudita que “o líder norte-coreano, mais uma vez, imprudentemente, tentou provocar alguma reação lançando um míssil.” O termo “imprudente” também foi usado pela Coreia do Norte para descrever os treinamentos militares em larga escala conduzidos pelos EUA e a rival Coreia do Sul, que o país entende como ensaios para uma invasão.

Mattis não identificou o tipo de míssil lançado, mas disse que não tinha alcance intercontinental, ou seja, que não chegaria a atingir o território americano. Ele não avaliou o que pode ter provocado a falha no lançamento.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Estadão Conteúdo

Notícias Relacionadas

Comentar: Vice dos EUA promete resposta “devastadora” se Coreia do Norte usar armas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596