sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Carlópolis: um oásis turístico em potencial

Carlópolis: um oásis turístico em potencial
Crédito da foto Para Lys Sayuri
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Com melhorias em infraestrutura, cidade do Norte Pioneiro aposta em vocação para o turismo tendo as belezas naturais como principal atrativo

Localizada às margens da Represa de Chavantes, no limite com o estado de São Paulo, conhecida pela bela ponte de 1.500 metros que liga os dois estados (considerada a terceira maior do Brasil), Carlópolis vem conquistando a admiração de turistas da região e de outros estados – influenciando até na mudança definitiva de alguns para a cidade como opção por mais qualidade de vida. Em meio a paisagens exuberantes, o município – com aproximadamente 15 mil habitantes – chega a receber em feriados e datas comemorativas mais de um terço da sua população em turistas, o que corresponde há mais de cinco mil pessoas.

Com seu jeito interiorano e tranquilo, o desafio agora é se estruturar de forma adequada para atender uma demanda crescente de público, das mais diferentes regiões, sedento por usufruir de suas belezas naturais – mais de 80% da cidade é banhada pela represa. Os eventos típicos também motivam o turismo e um bom exemplo é o “Pescar – Torneio de Pesca Esportiva de Carlópolis”, que acontece entre março e abril, e recentemente reuniu a participação de 416 barcos, totalizando 1.600 pescadores. A “Frutfest”, que reúne produtores da região na área de fruticultura, também atrai muitos visitantes e poderá voltar a ser realizada no final do ano, após dois anos sem edição.

“Costumo dizer que Carlópolis é uma cidade com grande potencial turístico. Ainda não a considero ‘turística’, mas estamos investindo em infraestrutura para isso. O turismo é interessante porque se faz pelo próprio turista, pelo boca a boca que ele mesmo promove, e precisamos nos organizar pela demanda”, afirma o prefeito Marco Antônio David (PPL). Durante a sua gestão, quase R$ 4 milhões de reais já foram investidos em melhorias estruturais – como recapeamento de ruas e pavimentação. “Cobro muito também pela limpeza da cidade e o próximo desafio é estruturar melhor o nosso hospital municipal (Hospital São José), sendo que em breve deverá ser lançado concurso público para a contratação de novos profissionais para que seja possível atender além dos casos de emergência, como acontece atualmente”, garante.

REFLEXOS NA ECONOMIA LOCAL
No ano passado, um levantamento realizado pelo Sebrae apontou que 35% da economia local gira em torno do turismo, influenciado principalmente pela pesca e por esportes aquáticos. Segundo dados do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (IPARDES), de 2011, o produto interno bruto (PIB) é de R$ 187.512 milhões, com valor per capita de R$ 13.650.

O terreno arenoso favorece as águas claras e limpas, um deleite para quem gosta de pescar ou apenas curtir um passeio de barco ou lancha com direito a um belo pôr do sol. Os passeios podem ser contratados junto a piloteiros particulares, no caso da pessoa não ter barco particular. A cidade já mantém duas marinas para a acomodação dos veículos aquáticos e os condutores frequentemente participam de cursos de habilitação para transporte de pessoas em passeios turísticos. O município também pretende lançar em breve um guia turístico com informações gerais sobre passeios de barco, pesca, restaurantes (hoje há 23 pontos de venda de alimentos, entre restaurantes, lanchonetes e pizzarias) e pousadas (há duas que atendem visitantes).

Influenciado por esse potencial, o empresário Nivaldo Moreno, de Carlópolis, decidiu investir na construção de um hotel de porte médio para promover mais conforto ao turista que não possui casa de veraneio na cidade. Inaugurado em outubro do ano passado, o Portal Hotel & Restaurante possui 41 apartamentos, em prédio de dois andares, e tem estrutura compatível com classificação hoteleira de três estrelas (é necessário o prazo de um ano de funcionamento para dar início ao processo oficial de certificação junto a Embratur). As diárias variam de R$ 75 a R$ 260 (no caso da suíte máster que tem ar condicionado, hidromassagem e televisão LED em espaço anexo ao quarto). O hotel emprega de forma fixa 24 funcionários.

“Durante a semana, o nosso público é formado por representantes de venda de empresas da região e de São Paulo; no fim de semana, são os turistas que predominam, e já recebemos pessoas de vários estados, como Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. As pessoas estão em busca de lazer, mas também de sossego e tranquilidade”, afirma o gerente geral João Paulo Martinez, que há sete anos mudou de São Paulo para a cidade após a sua esposa ser aprovada em um concurso público local.

Com ocupação média em torno de 56% da sua capacidade total, o hotel também é uma opção gastronômica interessante para os moradores locais, já que atende diariamente, para almoço e jantar, hóspedes e público externo, com salão preparado para atender 150 pessoas. O empreendimento – que contou com contrapartida da prefeitura, que fez a doação do terreno -, pretende construir no local, no prazo de um ano, um centro de convenção, uma sala fitness e um salão de jogos. As melhorias em médio prazo ainda incluem piscina aquecida, climatização no restaurante e estacionamento coberto. Vale informar que o hotel possui quarto para pessoas portadoras de necessidades especiais.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Ana Paula Nascimento/Folha de Londrina

Notícias Relacionadas

Comentar: Carlópolis: um oásis turístico em potencial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125