Friday, 18 de September de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Número de incêndios ambientais já supera os registro de 2014

Número de incêndios ambientais já supera os registro de 2014
Photo Credit To Antônio de Picolli
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Levantamento realizado pelo CB revela que a maioria das solicitações foi para combater focos em terrenos baldios

O número de incêndios ambientais registrado pelo Corpo de Bombeiros de Santo Antônio da Platina entre janeiro e agosto deste ano já é superior às ocorrências atendidas pelo aquartelamento no mesmo período em 2014. O levantamento realizado pelo CB revela que a maioria das solicitações foi para combater focos em terrenos baldios.

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros de Santo Antônio da Platina, tenente Jefferson Gregório, o período de estiagem e baixa umidade são propícios para as queimadas, que em poucos minutos tomam grandes proporções. “Já temos 84 registros de incêndio ambiental neste ano. Desse montante, 57 incêndios ocorreram em terrenos baldios. Com o clima nas atuais condições, um pequeno foco toma conta de toda uma área em fração de minutos. Quando o incêndio ocorre em vegetação rasteira, como margens de rodovias e áreas rurais, por exemplo, o fogo fica quase incontrolável e as consequências são graves. Além dos danos ambientais, as chamas também podem ocasionar uma série de outros prejuízos. O Corpo de Bombeiros sempre estará à disposição da população. No entanto, é preciso que o cidadão se conscientize quanto o seu papel em sociedade”, cobrou o oficial.

A orientação do Corpo de Bombeiros é para que os moradores evitem limpar seus terrenos ateando fogo no mato. Em casos de incêndio ambiental de maior proporção, o cidadão deve ligar imediatamente para a central de emergências do CB através do número 193 e solicitar o atendimento à ocorrência.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Luiz Guilherme Bannwart

Related posts

Comentar: Número de incêndios ambientais já supera os registro de 2014

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596