terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Paraná: Assembleia aprova transporte de animais em ônibus entre municípios

Paraná: Assembleia aprova transporte de animais em ônibus entre municípios
Crédito da foto Para Imagem Ilustrativa google imagens
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Os deputados aprovaram, na tarde de segunda-feira (11), em primeira discussão,  o projeto que  pede autorização da Assembleia  para permitir o transporte de animais domésticos de pequeno porte em trens e ônibus intermunicipais. Ele foi apresentado pelo deputado Stephanes Junior(PSB).  Segundo o texto, só será permitido o transporte de animais com menos de dez quilos, que não sejam ferozes e que não provoquem o desconforto e a insegurança nos passageiros. Também consta do texto que esse transporte deverá ter horários e dias específicos, como: “Não ocorrer nos horários considerados de pico de dias úteis,  como   entre 7he 9h da manhã e 17h30 às 19h no período da tarde”. E também está na proposta que os bichos sejam transportados em “contêineres ou materiais resistentes, a prova de vazamento, limpos, não contendo água, alimentos ou dejetos, que possam causar qualquer tipo de incômodo aos outros passageiros”. O autor lembra que, nem o condutor nem a empresa de ônibus terão responsabilidade sobre o animal e que o dono deverá pagar o valor de mais uma passagem para esse transporte.

Para Stephanes Júnior, que já apresentou outras leis na área de proteção  dos animais, como a  criação do Conselho Municipal de Proteção Animal, enquanto era vereador,  e também a que institui uma campanha permanente de castração de cães e gatos, o projeto vai proporcionar, além de bem-estar aos bichos,  segurança aos donos.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Bem Paraná com a assessoria

Notícias Relacionadas

Comentar: Paraná: Assembleia aprova transporte de animais em ônibus entre municípios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125