terça-feira, 15 de outubro de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Paranapanema recebe 560 mil peixes‏

Paranapanema recebe 560 mil peixes‏
Crédito da foto Para Assessoria
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Como parte das comemorações pelo Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho, o rio Paranapanema receberá 560 mil novos peixes. Do dia 7 até o dia 15, eles serão soltos em reservatórios de cinco hidrelétricas ao longo do rio, desde a usina Jurumirim, na região de Avaré (SP), até a de Rosana, bem perto da foz. A iniciativa da Duke Energy, concessionária das hidrelétricas, faz parte de um programa da empresa que contempla o Paranapanema com 1,5 milhão de peixes a cada ano.

Os pontos de solturas, em seis diferentes municípios, foram selecionados por oferecerem boas condições de abrigo e alimentação aos novos peixes que, uma vez adaptados, se dispersam pela Bacia do Paranapanema – conforme explica Norberto Vianna, biólogo que coordena o programa de manejo pesqueiro da Duke Energy.

Em cada localidade, alunos de escolas municipais participam das atividades nos reservatórios. O analista de Meio Ambiente dacompanhia, Luis Augusto Perino, conversa com os estudantes sobre o processo de reprodução dos peixes em cativeiro e a importância do repovoamento para o Paranapanema e as comunidades ribeirinhas. Depois as crianças acompanham a soltura.

Vianna ressalta que, juntamente com o repovoamento do rio, o programa tem esse intuito de promover educação ambiental. “Com o envolvimento da comunidade, todos são estimulados a ajudar na preservação do meio ambiente, cuidando e atuando como fiscalizadores em prol dos recursos naturais tão importantes para a sociedade. Por isso a participação das escolas é muito importante”, expõe.

Desde que foi iniciado, em 1999, o programa de manejo pesqueiro da Duke Energy já soltou nos reservatórios do Paranapanema mais de 24 milhões de novos peixes, contribuindo para a reposição do estoque pesqueiro e manutenção da biodiversidade da Bacia.

Programação

As ações começam pelo reservatório Taquaruçu, no dia 7 receberá 120 mil curimbatás. O lago de Canoas II ganhará 140 mil peixes dessa espécie no dia 8. Em Canoas I haverá solturas em dois pontos diferentes: na primeira, no dia 9, 40 mil curimbatás; já no dia 13, outro lote de 40 mil estará dividido entre pacus, lambaris e curimbatás. Na sexta-feira, dia 10, 120 mil curimbatás serão colocados no lago de Rosana. As atividades se encerram em Jurumirim, com a soltura de 100 mil curimbatás. Além das espécies utilizadas nessas ações, o repovoamento utiliza outras, como piracanjuba, piapara, piava-três-pintas e dourado.

A Duke Energy Brasil tem a concessão de oito usinas hidrelétricas instaladas ao longo do rio Paranapanema e duas pequenas centrais hidrelétricas no rio Sapucaí-Mirim. Juntas as duas operações são responsáveis por cerca de 2,3Gigawatts de capacidade total instalada e geram uma média de 12 milhões de MW/h por ano. Isso equivale a energia suficiente para abastecer quase 7 milhões de famílias ou 27 milhões de habitantes. Com cerca de 300 empregados no país, a Duke Energy Brasil representa o maior investimento internacional da norte-americana Duke Energy Corp.,a maior companhia de serviços públicos dos Estados Unidos.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Assessoria

Notícias Relacionadas

Comentar: Paranapanema recebe 560 mil peixes‏

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596