Saturday, 26 de September de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Morte de mestranda da UFPR, de 24 anos, gera comoção nas redes sociais

Morte de mestranda da UFPR, de 24 anos, gera comoção nas redes sociais
Photo Credit To (Foto: Reprodução Facebook)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A morte da mestranda em Turismo na Universidade Federal do Paraná, Thaisa Vianna, de 24 anos, gera comoção nas redes sociais. Ele morava sozinha em um apartamento na região central e Curitiba e a principal hipótese é que tenha sofrido um infarto, embora apenas exames complementares no Instituto Médico Legal (IML) precisarão a causa da morte.

ela dentro

Jovem foi encontrada morta pelo pai (Foto: Reprodução Facebook)

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) esteve no local, na noite de ontem (14), e constatou a morte de Thaisa, que estava enrolada em um cobertor. Segundo a DHPP, a jovem passou o fim de semana com a família em Rio Azul, próximo a Irati, e retornou no domingo à capital. Na segunda pela manhã, ela deveria ter ido ao trabalho em uma revenda de carros, porém não apareceu, o que levantou suspeitas em amigos e familiares.

Para tentar entender o que havia acontecido, o pai veio até Curitiba com as chaves reservas e abriu o apartamento, encontrando Thaisa no quarto. Os policiais foram chamados e realizaram a perícia, descartando a hipótese de um crime e até mesmo de um suicídio.

Comoção

Nas redes sociais, a morte de Thaisa gera comoção. Familiares e amigos deixam uma última mensagem de carinho:

Amiga:

eu nunca imaginei ter que te dizer adeus tão cedo A gente que combinou tantas coisas de você vir pra irati posar aqui em casa pra nós passear Eu tinha certeza que te veria brilhar como professora, pesquisadora, escritora de livros, mestre doutora internacional Uma menina linda e engraçada, que me encantava cada vez que conversávamos desde que conheci com sua maturidade Você sempre foi maravilhosa sempre me deu lições de vida ! Ainda bem que tive tempo de dizer que te amo de te abraçar e dizer voltarei te visitar ? Vou rezar por você e vou sempre lembrar de quando a gente se via em rio azul Agora você brilha no céu ! Anjinho ?ᅡᅠ

Descanse em paz ?￰゚メヤ LUTO THAÍSA ?￰゚リモ

Irmão:

Deus te quis ao seu lado mais cedo… Sentiremos saudades de voce minha irma…. Onde voce estiver olhe sempre por sua familia com seu sorriso encantador…

UFPR

Por meio de nota, a UFPR lamentou a morte da mestranda.

Com pesar comunicamos o falecimento da aluna do Programa de Pós-Graduação em Turismo: Thaisa Emanuelli Vianna. Nossos sinceros sentimentos aos familiares e amigos!

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Elizangela Jubanski e Luiz Henrique de Oliveira

Related posts

Comentar: Morte de mestranda da UFPR, de 24 anos, gera comoção nas redes sociais

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596