terça-feira, 15 de junho de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Após ultrapassagem proibida, motorista é presa bêbada e com placa adulterada

Após ultrapassagem proibida, motorista é presa bêbada e com placa adulterada
Crédito da foto Para Foto: PRF
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu em flagrante uma mulher de 27 anos de idade pelo crime de adulteração de placa de veículo automotor no início da noite de ontem (25) em Porto Amazonas, na Grande Curitiba. A motorista foi abordada na BR-277, após ter feito uma manobra de ultrapassagem em local proibido.

Segundo as informações da PRF, os agentes perceberam que dois caracteres da placa dianteira do carro, um Chevrolet Prisma, estavam adulterados com pedaços de fita isolante. Com a adulteração, a letra ‘J’ foi transformada em ‘U’ e o número ‘9’, em ‘8’.

 De acordo com a PRF , a mulher foi convidada a fazer o teste do bafômetro e ela soprou o aparelho. O resultado foi 0,12 miligrama de álcool por litro de ar expelido, o que configura infração de trânsito com pena de multa e suspensão por um ano da carteira de motorista.

Ainda segundo a PRF, as três notificações de trânsito emitidas pelos policiais durante a abordagem, relativas à embriaguez, à ultrapassagem e à placa adulterada, totalizam R$ 4,7 mil. O crime de adulteração de sinal identificador de veículo prevê pena de três a seis anos de prisão.

A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Civil em Palmeira.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Banda B com PRF

Notícias Relacionadas

Comentar: Após ultrapassagem proibida, motorista é presa bêbada e com placa adulterada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596