terça-feira, 11 de Maio de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Comando-geral da PM emite nota e diz que policiais estão “atentos” e “alertas”

Comando-geral da PM emite nota e diz que policiais estão “atentos” e “alertas”
Crédito da foto Para Nota é assinada pelo coronel Maurício Tortato, comandante-geral da PM no Paraná (Átila Alberti/Tribuna do Paraná/Arquivo)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A violência que, nos últimos dias, atingiu integrantes da Polícia Militar (PM) do Paraná, fez o comandante-geral da corporação no estado, coronel Maurício Tortato emitir uma nota oficial aos demais policiais. Ele lamenta os ocorridos e diz que os policiais estão “todos atentos e alertas”. Em menos de uma semana, quatro policiais militares morreram assassinados, um foi espancado – estes na região de Curitiba – ,e um PM foi baleado no Oeste do estado. De acordo com as investigações iniciais, as mortes não têm relação entre si.

Tortato afirma que a PM está em luto. “Infelizmente, em poucos dias, por motivos diversos e em circunstâncias absolutamente desconexas, companheiros de luta foram feridos ou perderam a vida Estamos todos atentos e alertas. Em luto pelos que se foram, mas velando pelos que ficam”, escreve. Confira a nota na íntegra no site da corporação.

O comandante geral pede ainda para que os policiais não fiquem abatidos com a morte de colegas de profissão. “Que todos saibam que não nos deixamos abater e que revigoramos nossa vontade de proteger nosso semelhante, sempre defendendo a lei e o bem-comum”, assinala.

Tortato ainda aponta que a polícia não pode deixar que os criminosos se sintam fortes. “Não estimulemos qualquer lenda de que são fortes ou organizados, porque não passam de covardes dispersos”, afirma.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Gazeta do Povo

Notícias Relacionadas

Comentar: Comando-geral da PM emite nota e diz que policiais estão “atentos” e “alertas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596