domingo, 10 de dezembro de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Denarc apreende carga de cocaína avaliada em R$ 10 milhões no Paraná

Denarc apreende carga de cocaína avaliada em R$ 10 milhões no Paraná
Crédito da foto Para Bonde
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), núcleo de Cascavel, em parceria com o núcleo Foz do Iguaçu, apreendeu, na terça-feira (26), 442 quilos de cocaína avaliados em aproximadamente R$ 10 milhões. Segundo a polícia, com a revenda do entorpecente, a quadrilha poderia lucrar mais de R$ 30 milhões. A droga estava escondida em um compartimento falso de um ônibus de turismo que saiu de Foz do Iguaçu com destino a São Paulo.

As investigações foram coordenadas pela Denarc Foz do Iguaçu e tiveram início em novembro de 2015. Esta semana, a polícia apurou que a droga seria levada de Foz do Iguaçu para São Paulo, onde seria revendida para outros estados.

Com as informações da investigação foi possível abordar o ônibus de turismo, placas KUQ-1500, no município de Céu Azul, região oeste do Estado. Durante a vistoria no veículo, os 442 quilos de cocaína e mais 1,480 quilo de haxixe foram encontrados em um compartimento falso que só abria com um dispositivo automático.

Adir Sousa Barbosa, 61 anos, e Fausto Soares Portillo, 48, que estavam no ônibus, foram presos por organização criminosa, tráfico e associação para o trafico de drogas. Os suspeitos foram encaminhados para o Setor de Carceragem Temporária da Delegacia de Matelândia, onde permanecem à disposição da Justiça.

De acordo com a polícia, os trabalhos continuam para identificar a outros integrantes da quadrilha e quais seriam os receptores das drogas.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Bonde com assessoria de imprensa

Notícias Relacionadas

Comentar: Denarc apreende carga de cocaína avaliada em R$ 10 milhões no Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125