quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Fim da obrigatoriedade de extintores em veículos causa demissões

Fim da obrigatoriedade de extintores em veículos causa demissões
Crédito da foto Para Trabalhadores da Extinpel se organizaram no começo da tarde para passeata contra resolução do Contran (Antônio de Picolli)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Empresários acreditam que os prejuízos na região do Norte Pioneiro passam de R$ 5 milhões

A resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que determina que o uso de extintores de incêndio em carros de passeio seja facultativo causou repercussão em nível nacional. Indústrias de extintores de carros precisaram reagir e já preveem demissões em massa. Somente na fábrica de extintores Extinpel, em Santo Antônio da Platina, estava em pauta nesta segunda-feira, 21, a demissão de pelo menos 40 funcionários diretos e mais 30 funcionários até o fim do mês.

Em protesto pela mudança na legislação, aproximadamente 200 trabalhadores da empresa foram às ruas para uma manifestação pacífica. Com cartazes e gritos de protesto percorreram as principais ruas do centro de Santo Antônio da Platina e ganharam o apoio de toda população.

Em janeiro, passou a vigorar a Lei que obrigava a troca de extintores de incêndio em veículos pelo tipo ABC, porém, foi o prazo limite para a troca foi adiado diversas vezes porque a demanda zerou os estoques das fábricas. Diante da grande procura, as empresas aumentaram a produção, sendo necessário investimento em equipamentos e mão de obra. O sócio diretor da Extinpel Francisco Carlos de Oliveira anunciou que com a mudança na obrigatoriedade para o tipo ABC em veículos de passeio, a empresa contratou mais 70 funcionários. “Os funcionários estão parados, precisamos fazer cortes. Nosso estoque que é de aproximadamente 150 mil peças podem ser descartadas porque para quem é que vamos vender?”, questionou.

O prejuízo das fábricas na região passa de R$ 5 milhões. Oliveira ressalta que aproximadamente 120 funcionários da Extinpel atuam no setor automotivo e os cortes são necessários para a empresa se manter.

Com a mudança, a crise nas fábricas de todo país prevê mais de 200 mil demissões diretas e indiretas. “A legislação dos extintores entrou em vigor em 2004 e as empresas tinham 10 anos para se adequar às normas, agora que estava tudo encaminhado o governo passou esta rasteira nas empresas”, lamentou Oliveira.

Para o empresário, a medida é um retrocesso na segurança do consumidor. Os empresários que compõe a Associação de Empresas que Fabricam Extintores (Abiex) vão se reunir na terça-feira, 22, em São Paulo e em seguida em Brasília, porque até então o governo não forneceu uma justificativa plausível para o fim da obrigatoriedade do uso do equipamento de combate a incêndio.

A única explicação que Oliveira vê para a medida foi de que as montadoras deixarão de disponibilizar os extintores de incêndio nos automóveis, porém, ele discorda, por se tratar do único equipamento de segurança em situação de incêndio. “É muita incoerência essa resolução, porque a Lei obriga que táxis, ônibus, van e até tratores são obrigados a portar o extintor, mas e os carros de passeio que comportam até cinco passageiros e é a categoria com maior número de veículos em circulação deixaram de ser obrigatórios? É lamentável, estamos sem confiança nesse governo, que país é esse que aplica a lei e depois volta atrás? O prejuízo nas fábricas de todo país vai passar de R$ 100 milhões”, desabafou o empresário.

De acordo com uma das funcionárias da Extinpel, Elaine de Cassia, que atua no setor de comercial, todas as compras programadas foram canceladas pelos clientes. As lojas e postos que fizeram estoque de extintores estão em desespero porque não sabem como lidar com a situação, já que investiram na compra do estoque. “Nosso protesto é pacífico, mas queremos que as autoridades analisem o tamanho do impacto que isso vai ter na economia do país. A empresa já cancelou 25 contratos com prestadores de serviços devido à mudança na legislação”, disse.

De acordo com dados da Associação de Empresas que Fabricam Extintores, existem mais de 13 mil incêndios por ano no Brasil que o Corpo de Bombeiros atende em veículos, um número significativo.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Dayse Miranda/Tribuna do Vale

Notícias Relacionadas

Comentar: Fim da obrigatoriedade de extintores em veículos causa demissões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596