terça-feira, 16 de julho de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Funcionária de creche é demitida após denúncia de tortura com cola quente

Funcionária de creche é demitida após denúncia de tortura com cola quente
Crédito da foto Para (Reprodução Facebook)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A direção do Cemic São José, de Cianorte, emitiu nota na tarde de sexta-feira (22) a respeito de um episódio que mobilizou a polícia e também o Conselho Tutelar. Uma ex-colaboradora é acusada de ter castigado cinco crianças com cola quente.

O resultado do sadismo, exposto nas redes sociais pelos próprios familiares das vítimas, causou comoção. A funcionária foi demitida e responderá a inquérito.

Confira a íntegra da nota da instituição:

“A direção e toda a equipe da creche CEMIC São José também mostram-se ‘chocados’ com os fatos ocorridos em nossa instituição, que apesar de serem isolados foram graves. Adotamos todas as medidas legais pertinentes, desde a demissão da funcionária, comunicação a todos os órgãos de proteção à infância competentes, tais como promotorias de Justiça, Conselho Tutelar e Delegacia de Polícia. Nunca compactuaremos com qualquer espécie de maus-tratos às nossas crianças, pois temos o dever de defendê-las e protegê-las sempre”.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Massa News

Notícias Relacionadas

Comentar: Funcionária de creche é demitida após denúncia de tortura com cola quente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596