quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Homem decapitou cachorro e tentou vender como carne de paca, diz delegado

Homem decapitou cachorro e tentou vender como carne de paca, diz delegado
Crédito da foto Para Foto: Reprodução/GMC Online
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Está preso preventivamente o homem que invadiu uma casa e decapitou um cachorro em Maringá. O crime foi no dia 13 de agosto e imagens divulgadas pela polícia causaram revolta. Nelas, o suspeito aparece carregando o corpo de um cão sem a cabeça.

Identificado, o acusado de 35 anos, com passagens pela polícia, confessou o crime. Ele invadiu uma horta e matou uma cadelinha que morava no local. Mas não cou preso após depor na sexta-feira (30) passada. Nesta segunda-feira, veio a ordem da Justiça com parecer favorável do Ministério Público: prisão preventiva.

 “Ele purou um muro, adentrou em uma horta de um idoso, de 80 anos, que às vezes até doava hortaliças para ele, pisotiou toda a horta, furtou alguns pés de verduras, mas não satisfeito, pegou uma cachorrinha do idoso, cortou a cabeça, deixou no local e levou o corpo pelo bairro. [Ele] ainda encontrou uma pessoa e tentou repassar como se fosse o corpo de uma paca”, detalha o delegado Laércio Fahur. O homem deve responder processo por furto qualicado e maus-tratos a animais.

Outro caso
Neste domingo, na BR-376, em Mandaguaçu (a 19 quilômetros de Maringá), foram encontrados três cães mortos. A princípio eles foram assassinados com golpes de facão. A Polícia Civil de Mandaguaçu informou que nenhum boletim de ocorrência foi registrado até o momento. Os animais foram encontrados por um guarda municipal de Maringá que estava de folga.

Confira o vídeo no portal GMC Online, clique aqui.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: GMC Online

Notícias Relacionadas

Comentar: Homem decapitou cachorro e tentou vender como carne de paca, diz delegado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596