terça-feira, 21 de novembro de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Homem é preso acusado de abusar da filha de 14 anos

Homem é preso acusado de abusar da filha de 14 anos
Crédito da foto Para imagem Ilustrativa google imagens
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Um homem de 39 anos foi preso na quarta-feira (18) em Marechal Cândido Rondon, no Oeste do Paraná. Valmor Walk é acusado de abusar da própria filha de 14 anos. O caso foi descoberto na manhã de hoje, na escola onde a menina estuda.

Segundo a Polícia Civil, a adolescente frequentemente chorava durante as aulas e, embora fosse questionada pelas professoras, não revelava o que estava acontecendo. Hoje, ela chegou ao colégio visivelmente abalada e resolveu se abrir com a pedagoga. O Conselho Tutelar foi chamado e a menina disse que vinha sendo estuprada há cerca de três anos.

Cientes do fato, policiais se dirigiram até a fábrica onde o acusado trabalha e o encaminharam para depoimento. Ele confessou o crime e admitiu ter forçado oito relações com a filha. A polícia, no entanto, calcula que o crime tenha acontecido ao menos 50 vezes.

Walk mora com a esposa, a filha de 14 anos – vítima de estupro – e um filho mais novo em uma casa em Marechal. Segundo a vítima, ele praticava o crime quando os demais moradores não estavam na residência. Ele aproveitava o horário de aula do irmão mais novo da garota para manter relações à força no quarto dela. A adolescente foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exames de corpo de delito.

Preso em flagrante, Walk ficará à disposição da Justiça. Se condenado, pode pegar de oito a 12 anos de prisão, segundo determina o artigo 213 do Código Penal. A Polícia também informou que ele já responde por estupro de outra filha de 16 anos, que atualmente não mora com a família.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Samara Rosenberger - Bonde

Notícias Relacionadas

Comentar: Homem é preso acusado de abusar da filha de 14 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125