Thursday, 24 de September de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

IML de Jacarezinho esclarece transferências de perícias para Londrina

IML de Jacarezinho esclarece transferências de perícias para Londrina
Photo Credit To Imagem Ilustrativa google imagens
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O suposto pedido de exoneração dos médicos peritos do IML (Instituto Médico Legal) de Jacarezinho se espalhou pelas redes sociais e se tornou uma polêmica durante o final de semana. Alguns portais chegaram a confirmar a paralização dos serviços.

Para esclarecer o caso e melhor informar a população, a Folha Extra entrou em contato com o Diretor da instituição, João Garbelini Neto, que comentou a situação. Segundo ele, atualmente o IML funciona com o trabalho de quatro médicos peritos que deveriam cumprir a carga horária de 20h semanais, mas acabam fazendo horas extras devido à falta de um quarto médico.

“Esses profissionais têm por direito exercer outras funções devido a carga horária que cumprem aqui no IML, mas, devido à falta de um quarto médico, isso acaba fazendo com que eles tenham que passar mais tempo aqui para atender a demanda o que acabou gerando esse problema”, explicou Neto.

Com isso, na última semana um dos médicos relatou que o trabalho no IML estaria impactando outras atividades de sua rotina e, com isso, estaria pensando em deixar o cargo. Essa situação preocupou também os outros dois médicos que, consequentemente, teriam ainda mais trabalho. “Essa situação causou um alarde, pois se já estava complicado, imagine se saísse um deles. Aí já se espalharam as notícias que seria transferido para Londrina. Apesar de essa ser uma possibilidade, só aconteceria em último caso”, destacou João.

João ainda explicou que já estão sendo tomadas as medidas para contração de mais um profissional. “Nós explicamos para eles que já houve um concurso e que o quarto médico já seria contratado. Porém, a pessoa que passou decidiu não assumir e, com isso, tem todo um trâmite jurídico que requer tempo para que o próximo da lista seja chamado e possa assumir o cargo. Isso tranquilizou os profissionais”, relatou.

Neto contou que houve uma grande cooperação em favor do IML Jacarezinho. “Na quinta-feira foram umas 12 horas de conversas por telefone correndo atrás. O pessoal de Curitiba viu a situação e se comprometeu a conseguir que este quarto médico já seja contratado ainda essa semana”, frisou.

Além disso, Neto destacou o apoio dos deputados estaduais Luiz Cláudio Romanelli (PSB) e Luiz Carlos Martins (PP), Pedro Lupion (DEM) e da governadora Cida Borguetti (PP). “Todos se comprometeram a nos ajudar a agilizar essa contratação que não vai só resolver esse problema momentâneo, mas vai trazer muito mais agilidade para realização das perícias proporcionando mais qualidade na prestação do serviço em um momento difícil para as famílias. Vai ser um bem para toda população da região”, finalizou.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : por Marcelo Aguiar

Related posts

Comentar: IML de Jacarezinho esclarece transferências de perícias para Londrina

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596