quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Jacarezinho: Moradores de novos loteamentos cobram limpeza em terrenos baldios

Jacarezinho: Moradores de novos loteamentos cobram limpeza em terrenos baldios
Crédito da foto Para Matagal em terrenos baldios incomodam vizinhos – Lucas Aleixo
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Os loteamentos são novos, mas os problemas antigos: limpeza de terrenos baldios. Moradores de alguns dos residenciais formados há poucos anos em Jacarezinho reclamam do desleixo de alguns proprietários de lotes, que não mantém seus terrenos limpos e causam problemas a toda vizinhança.

Como os novos loteamentos são os locais onde existem mais terrenos baldios, os problemas acabam se tornando recorrentes e, de certa forma, afetam praticamente todos os bairros recém-formados.

Murilo Onisko, morador do Campo Belo, reclama das condições precárias de alguns terrenos próximos à sua casa. “Eu cheguei a ter a cerca elétrica arrebentada por uma árvore que cresceu no terreno ao lado. É um criadouro de carrapatos e caramujos, que acabam subindo o muro e entrando no meu quintal. Já reclamei com a proprietária, já reclamei na prefeitura, mas o problema continua aí”.

De acordo com Mariele de Carvalho, também moradora do Campo Belo, a situação dos terrenos baldios se tornou um problema de segurança pública. “O terreno do meu lado é esconderijo de bandido. Roubam as construções por perto e deixam o material no meio do mato, depois voltam buscar. Aconteceram várias vezes”.

Para a aposentada Luci Guimarães de Freitas, que vive no Parque dos Mirantes, a situação é recorrente em diferentes bairros recém-criados e deveria ter uma atenção especial por parte das autoridades. “Perto da minha casa em um matagal que dá até medo de passar a noite. Só que isso acontece em todos esses bairros novos que surgiram, e são muitos bairros novos aqui em Jacarezinho. Acho que a prefeitura, os vereadores e também os proprietários deveriam tomar precauções mais eficientes, porque virou uma bagunça. Tenho um terreno em outro bairro e todo mês pago para fazerem a limpeza. Isso devia ser obrigatório a todos”, sugere.

MULTAS E NOTIFICAÇÕES

Segundo José Antônio Costa, secretário de Conservação Urbana de Jacarezinho, a prefeitura do município tem feito sua parte, que é notificar os proprietários e multá-los na persistência da falta de limpeza dos lotes.

“Hoje Jacarezinho tem 5.571 terrenos sem construção. A maioria está limpo, mas alguns, não estão. Claro que a fiscalização tem sido intensa, hoje mesmo (sexta-feira) tivemos várias notificações e multas publicadas no Diário Oficial. Nós não temos como nos responsabilizar por esse número de terrenos e nem podemos. Acompanhamos em algumas cidades onde a prefeitura limpou e cobrou taxa no IPTU e depois teve que devolver o dinheiro ao proprietário. Agora notificações e multas nós estamos aplicando”, garante o secretário.

“E se o morador quer denunciar pode ir até à prefeitura e fazer um protocolo pedindo a fiscalização em determinado lugar que nós faremos. Não precisa nem se identificar. Este é um problema sério e temos falado disso direto para conscientizar as pessoas. Depois não adianta reclamar que tem dengue e escorpião sendo que não limpa nem o próprio lote”, completa.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Lucas Aleixo Tribuna do Vale

Notícias Relacionadas

Comentar: Jacarezinho: Moradores de novos loteamentos cobram limpeza em terrenos baldios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596