Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Mãe degola filha de apenas 3 dias no Paraná: “Queria me livrar dela”

Mãe degola filha de apenas 3 dias no Paraná: “Queria me livrar dela”
Photo Credit To Imagem Ilustrativa google imagens
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Uma mulher de 41 anos foi presa na tarde desta segunda-feira (7) acusada de ter degolado a própria filha, que nasceu na última sexta-feira (4). O crime foi cometido no quintal da casa da família, no Jardim Panorama, em Ponta Grossa (Centro).

De acordo com a Polícia Civil, Maria G L O e a criança receberam alta por volta das 13h de domingo (6).

Segundo informa o jornal Diário dos Campos, Maria G confessou, em depoimento à polícia, que vinha pensando, desde o momento em que chegou em casa, em como “se livrar” da filha.

Por volta da 0h de segunda, ela levou a recém-nascida para fora, a colocou sobre um toco de árvore e usou uma faca de açougueiro para cortar sua cabeça. Depois, utilizou um saco plástico para descartar os restos mortais do bebê.

A Polícia Militar (PM) foi avisada por meio de uma denúncia anônima. Detida, ela indicou onde havia deixado o corpo. A acusada também informou que fazia tratamento psicológico há quatro anos, mas interrompeu o uso de medicamentos controlados devido à gestação.

Maria G já tinha dois filhos, uma garota e um rapaz de 18 anos. O bebê seria fruto do relacionamento com um caminhoneiro que não quis assumir a paternidade.

(com informações do jornal Diário dos Campos)

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Bonde

Related posts

Comentar: Mãe degola filha de apenas 3 dias no Paraná: “Queria me livrar dela”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596