terça-feira, 16 de julho de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Menino mantido refém por pai passa mal e suspeita em hospital é de envenenamento

Menino mantido refém por pai passa mal e suspeita em hospital é de envenenamento
Crédito da foto Para Ambulância foi acionada para acompanhar situação do menino. Foto: FB/Banda B
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O menino de três anos, mantido refém por quase 20 horas pelo próprio pai, está realizando exames no Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba, desde a manhã deste domingo (28). Após passar mal e vomitar, o pequeno foi levado a Unidade de Pronto-Atendimento  (UPA) do Boa Vista, que decidiu pela transferência da criança. A suspeita é que ele possa ter ingerido uma quantidade de veneno, já que o pai chegou a afirmar a policiais que teria preparado uma mistura para dar ao menino, durante o surt

De acordo com informações apuradas pela Banda B por uma fonte próxima à família, o menino foi levado pelos familiares a UPA e logo depois internado para realização de exames, no Pequeno Príncipe. “O medo de todos é que ele saia da delegacia porque tem amigo policial, essas coisas”, disse um familiar à imprensa sobre o pai do menino, pedindo para não ser identificado.

O menino foi mantido refém pelo próprio pai, por cerca de  vinte horas, no bairro Santa Cândida, em Curitiba. De acordo com a PM, a situação teve início depois que o homem se envolveu em uma discussão com o sogro e a esposa, por volta das 11 horas de sábado. Não há informações sobre o motivo da briga.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), ele ameaçou a criança com uma faca, um galão de gasolina, preparou uma seringa com veneno de rato, entre outras situações. Segundo a família, o homem tem problemas com álcool e outras drogas. A PM isolou a rua e seguiu na negociação até de madrugada. O homem se rendeu por volta das 4 horas.

A criança foi avaliada e liberada para a família, antes de passar mal. O pai foi encaminhado ao Nucria para depoimento.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento - Banda B

Notícias Relacionadas

Comentar: Menino mantido refém por pai passa mal e suspeita em hospital é de envenenamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596