quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Mulher grita por socorro em matagal e diz que ex a dopou e a espancou por não aceitar o fim

Mulher grita por socorro em matagal e diz que ex a dopou e a espancou por não aceitar o fim
Crédito da foto Para Banda B
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Uma mulher bastante ferida foi encontrada por moradores após gritar por socorro, na madrugada desta sexta-feira (29). A vítima de 34 anos estava em um matagal na Rua João Chemim, no bairro Tanguá, em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Ela contou aos moradores que a socorreram que tinha sido dopada e espancada pelo ex-namorado, que não aceita o fim do relacionamento.

De acordo com informações apuradas pela Banda, pouco depois da meia-noite, moradores do Tanguá ouviram gritos de socorro e alguns foram ver o que estava acontecendo numa área de mato. Encontraram a vítima bastante ferida e chorando. O Siate foi acionado e, até a chegada da ambulância, ela contou que o ex-namorado foi até a casa dela, a dopou e a trouxe provavelmente no carro dela, um HB20.

“Ela disse que acordou no momento em que ele a chutava e começou a gritar. Ele deve ter se assustado e saiu correndo fugindo no carro dela. Foi o que a mulher contou pra gente. Ela estava machucada e bem desesperada”, disse um vizinho, sem se identificar.

A vítima foi encaminhada ao Hospital Evangélico-Mackenzie. Agora pela manhã, a assessoria do hospital informou à Banda B que “a paciente se encontra estável e está em observação pela equipe de Neurologia. Logo deve ser liberada”.

A expectativa é que a vítima procure a Delegacia da Mulher para registrar um Boletim de Ocorrência para que a polícia passe a investigar o caso.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Denise Mello e Antonio Nasciment Banda B

Notícias Relacionadas

Comentar: Mulher grita por socorro em matagal e diz que ex a dopou e a espancou por não aceitar o fim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596