Monday, 21 de September de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Mulher tinha até “quarto da tortura” para espancar filhos adotivos

Mulher tinha até “quarto da tortura” para espancar filhos adotivos
Photo Credit To O "quarto da tortura", onde ficavam trancadas as crianças (foto: Divulgação/ Conselho Tutelar)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O Conselho Tutelar de Tatuí (SP) informou que na última sexta-feira (18 de setembro) três mulheres foram presas acusadas de envolvimento em um caso de adoção ilegal e tortura de quatro crianças (três meninos de 7, 8 e 11 anos e uma menina de 4 anos).

De acordo com o órgão, as crianças eram constantemente espancadas e ficavam trancadas em um “quarto da tortura”, que é um cômodo sujo, sem ventilação, onde ficavam guardadas ferramentas agrícolas.

A “mãe adotiva” das crianças,que tem 44 anos, foi presa. Ela cuidava dos menores desde 2012, quando a mãe biológica entregou as crianças alegando falta de condições de criar os filhos.

Os responsáveis pelas agressões contra os menores seriam a mãe adotiva e a filha dela, de 21 anos. As duas mantinham uma rotina de surras e maus-tratos que aconteciam por motivos fúteis. Um dos irmãos, o de 8 anos, inclusive, foi encontrado com dezenas de ferimentos pelo corpo após apanhar com tiras de borracha.

O caso foi descoberto após denúncia anônima e agora tanto a mãe quando a irmã irão responder por crimes de tortura e cárcere privado, enquanto a mãe biológica ficou presa por abandono. Elas também responderão por documento falso e falsidade ideológica e foram encaminhadas para a cadeia de Cesário Lange (SP), enquanto as crianças estão em um abrigo municipal.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Bem Paraná com G1

Related posts

Comentar: Mulher tinha até “quarto da tortura” para espancar filhos adotivos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596