sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Músicos que morreram em acidente quando voltavam de show são enterrados: ‘Tinha muitos sonhos’, diz mãe de vocalista

Músicos que morreram em acidente quando voltavam de show são enterrados: ‘Tinha muitos sonhos’, diz mãe de vocalista
Crédito da foto Para Os músicos Guilherme Bastos e Bruno Stanzani, que morreram após se envolverem em um acidente na rodovia SP-321, foram enterrados no início da tarde deste domingo (21), em Ibitinga (SP). O velório foi realizado no Ginásio de Esportes Nicolão, e acompanhado por amigos, parentes e fãs. Os integrantes voltavam de um show em Bauru, quando bateram em uma carreta carregada com toras de madeira, entre Iacanga e Ibitinga, no sábado (20). O vocalista Guilherme, de 22 anos, e o primo dele Bruno, de 20 anos, estavam nos bancos da frente e morreram no local. Já o baterista Geovane Cézar e o sanfoneiro Rafael Stanzani, irmão de Bruno, tiveram ferimentos leves. O motorista do caminhão não ficou ferido.
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Os músicos Guilherme Bastos e Bruno Stanzani, que morreram após se envolverem em um acidente na rodovia SP-321, foram enterrados no início da tarde de  domingo (21), em Ibitinga (SP). O velório foi realizado no Ginásio de Esportes Nicolão, e acompanhado por amigos, parentes e fãs.

Os integrantes voltavam de um show em Bauru, quando bateram em uma carreta carregada com toras de madeira, entre Iacanga e Ibitinga, no sábado (20). O vocalista Guilherme, de 22 anos, e o primo dele Bruno, de 20 anos, estavam nos bancos da frente e morreram no local.

Já o baterista Geovane Cézar e o sanfoneiro Rafael Stanzani, irmão de Bruno, tiveram ferimentos leves. O motorista do caminhão não ficou ferido.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Por G1 Bauru e Marília

Notícias Relacionadas

Comentar: Músicos que morreram em acidente quando voltavam de show são enterrados: ‘Tinha muitos sonhos’, diz mãe de vocalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596