sexta-feira, 23 de julho de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Comandante dos bombeiros diz que forro de madeira propagou incêndio que consumiu restaurante

Comandante dos bombeiros diz que forro de madeira propagou incêndio que consumiu restaurante
Crédito da foto Para (Fotos: Edmilson Maciel/Tanosite)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Um incêndio de grandes proporções consumiu um restaurante na manhã de terça-feira (17) no centro de Santo Antônio da Platina. O fogo mobilizou várias equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar, e deixou os moradores assustados.
As chamas tiveram início por volta das 10h30, e em poucos minutos tomaram conta do imóvel provocando uma densa cortina de fumaça turva que podia ser percebida à distância.

Moradores e comerciantes vizinhos ao restaurante deixaram seus imóveis rapidamente com medo de que o incêndio pudesse tomar proporção ainda maior, o que consequentemente aumentaria os danos materiais e a possibilidade de ocorrer uma tragédia.
De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros, Luciano Alberto de Souza Camilo, o forro de madeira alimentou as chamas, e antes mesmo de as equipes da corporação chegarem ao local o incêndio já havia consumido praticamente toda a estrutura da edificação. “O único complicador foi o forro de madeira, material altamente combustível. Porém, tivemos acesso fácil ao imóvel e conseguimos fazer o isolamento de risco em relação às edificações adjacentes. Felizmente não houve feridos!”, ponderou o oficial.

Ainda de acordo com o comandante dos bombeiros não foi possível identificar as causas do incêndio, fator que deve ser esclarecido através de inquérito instaurado pela Polícia Civil para apurar o caso.

Um efetivo com 10 bombeiros trabalhou na ocorrência, e aproximadamente 15 mil litros de água foram utilizados no combate ao incêndio. Ao menos seis policiais militares trabalharam no isolamento da área.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Tanosite

Notícias Relacionadas

Comentar: Comandante dos bombeiros diz que forro de madeira propagou incêndio que consumiu restaurante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596