Tuesday, 1 de December de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Pai de bebê de 6 meses com fraturas e mordidas é preso suspeito de agredir o próprio filho

Pai de bebê de 6 meses com fraturas e mordidas é preso suspeito de agredir o próprio filho
Photo Credit To Nucria em Ponta Grossa investiga o caso – Catve
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Um jovem de 25 anos foi preso na sexta-feira (23), suspeito de agressões contra o próprio filho de seis meses em Ponta Grossa, região dos Campos Gerais no Paraná. A mãe de 21 anos está sendo investigada.

Conforme o Conselho Tutelar do município, a suspeita de agressão começou na semana passada, quando o menino foi internado no Hospital da Criança com uma lesão na face. Os próprios funcionários da unidade hospitalar perceberam os ferimentos na criança e acionaram o conselho, que passou acompanhar o caso.

O Conselho chegou a entrar com uma medida protetiva, pedindo que a criança fosse encaminhada para um abrigo, até que se esclarecesse a situação, mas o pedido foi negado.

Na noite de quinta-feira (22), o bebê foi hospitalizado novamente com várias fraturas na cabeça, o que levantou suspeita da polícia, que abriu inquérito para investigar a situação.

Ainda durante a noite, mãe e pai prestaram depoimento à delegada do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria). De acordo com a polícia, foram horas de oitiva. O rapaz relatou que a criança havia caído do bebê conforto. No corpo do menino também há sinais de mordida, que segundo o pai, foram feitas como forma de brincadeira.

Já a mãe, disse que percebeu que o filho chorava quando ela o pegava, como se estivesse sentindo dor, foi aí que ela decidiu procurar um hospital.

Diante dos fatos, a delegada decidiu pela prisão do pai, que responderá pelos crimes de lesão grave e tortura. A mãe foi liberada, mas está sob investigação da polícia.

Conforme o Conselho Tutelar, a jovem trabalhava fora e a criança ficava aos cuidados do pai, o menino é o primeiro filho do casal.

Agora a criança, que permanece internada em estado grave com risco de morte, ficará com uma mãe social. O casal, que morava em Telêmaco Borba está há um mês em Ponta Grossa. Quando tinha três meses, o menino já havia sido hospitalizado com uma fratura na perna.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Banda B com Catve.com

Related posts

Comentar: Pai de bebê de 6 meses com fraturas e mordidas é preso suspeito de agredir o próprio filho

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596