domingo, 20 de outubro de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Paraná: Adolescente é apreendido por matar prima de 8 anos que estava desaparecida

Paraná: Adolescente é apreendido por matar prima de 8 anos que estava desaparecida
Crédito da foto Para (Foto: Reprodução)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Um adolescente de 17 anos foi apreendido na quinta-feira (11) suspeito de matar a prima de oito anos em Guaíra, na região Oeste do Paraná. O pai dele também foi detido, acusado de ocultação de cadáver.

Segundo a Polícia Civil, a criança desapareceu ontem e foi encontrada morta, enrolada em um saco plástico, na madrugada de hoje. Ela estava escondida na residência dos suspeitos, localizada nos fundos da casa onde a vítima morava com a avó materna.

De acordo com o delegado Deoclécio Detros, responsável pelo caso, o menor admitiu o crime na delegacia. “O adolescente confessou que cometeu o crime com uma faca e quase a degolou. Mas ele não deu nenhum motivo para cometer o homicídio. Pelo o que descobrimos, tanto o rapaz quanto o pai dele têm deficiência mental”, disse ele em entrevista à imprensa.

O delegado afirmou que o menor era tratado por psiquiatras há cerca de três anos, mas havia parado de tomar medicação há alguns meses. “Até para conversar com ele é bem difícil. Ele não demonstrou nenhum arrependimento. Já o pai tem uma deficiência mental ainda maior e é aposentado por invalidez. Ele tentou esconder o corpo para isentar o filho de responsabilidade e, por isso, também foi detido”, completou.

O Instituto Médico Legal agora deve realizar exames para verificar se a vítima sofreu ou não algum tipo de violência sexual antes de ser morta. Os dois acusados foram encaminhados à delegacia e o caso continua a ser investigado pela Polícia Civil.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Marina Sequinel e Luiz Henrique de Oliveira

Notícias Relacionadas

Comentar: Paraná: Adolescente é apreendido por matar prima de 8 anos que estava desaparecida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596