quinta-feira, 23 de Maio de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Paraná: Dono de concessionárias é preso por adulterar quilometragem de carros à venda

Paraná: Dono de concessionárias é preso por adulterar quilometragem de carros à venda
Crédito da foto Para (Foto: Divulgação)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

As buscas foram realizadas, nos bairros Uberaba, Cajuru e Tarumã, em três concessionárias do suspeito e em sua residência – onde ele foi localizado. A imprensa insistiu com a assessoria da PCPR para saber o nome das revendedoras, porém sem sucesso. Durante a ação, a PCPR flagrou um Hyundai iX35 exposto para venda marcando 89 mil quilômetros rodados, sendo que originalmente tratava-se de 107 mil quilômetros rodados.

“Acreditamos que isso tenha acontecido em outros veículos. Quando fomos a uma das lojas diversos carros desapareceram, cerca de cinco ou seis, o que mostra uma possível pratica comum neste sentido por parte do suspeito”, disse o delegado André Feldens, da Delcon.

Além do veículo, a PCPR apreendeu diversos documentos e celulares, que serão analisados com o objetivo de constatar outras irregularidades. As investigações prosseguem com o intuito de identificar se outros carros, já vendidos, bem como expostos à venda nos três estabelecimentos investigados passaram pelo processo de adulteração.

Com a prisão do proprietário das lojas, a PCPR solicita que outras vítimas compareçam até a Delegacia de Crimes Contra a Economia e Proteção ao Consumidor e denunciem o crime.

O homem foi indiciado por expor à venda produto impróprio para uso. Ele permanece preso à disposição da Justiça, se condenado poderá pegar até cinco anos de prisão.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Polícia Civil

Notícias Relacionadas

Comentar: Paraná: Dono de concessionárias é preso por adulterar quilometragem de carros à venda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596