quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Paraná: Em fuga após explosão de bancos, bandidos confundem vigia com PM e o matam a tiros

Paraná: Em fuga após explosão de bancos, bandidos confundem vigia com PM e o matam a tiros
Crédito da foto Para (Foto: Colaboração PM)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Os bandidos em fuga após explodirem três bancos em Piên, região metropolitana de Curitiba, mataram o vigia Neilor Pinto, de 53 anos, na manhã de sexta-feira (5). Tiros de fuzil foram disparados contra o carro dele em uma rodovia da região na cidade de Agudos do Sul.

O tenente Pedro, da Polícia Militar (PM), contou à imprensa que o vigia estava em um Fiat Uno com ‘giroflex’. “Muito provavelmente, ele foi confundido com uma equipe policial e os bandidos acabaram disparando várias vezes contra este trabalhador. Eram dois veículos aqui em fuga sentido Agudos do Sul”, descreveu.

De acordo com o tenente, não houve tempo de reação para o vigia. “Não teve nem como ele reagir ou fugir, acabou morrendo no banco do motorista”, afirmou.

Até o momento, nenhum marginal foi localizado. O Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) investiga o caso.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

Notícias Relacionadas

Comentar: Paraná: Em fuga após explosão de bancos, bandidos confundem vigia com PM e o matam a tiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596