quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Paraná: Fotos mostram crianças comendo no chão e Vigilância Sanitária interdita creche

Paraná: Fotos mostram crianças comendo no chão e Vigilância Sanitária interdita creche
Crédito da foto Para Banda B
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Por causa das condições de higiene e falta de manutenção básica do espaço, a Vigilância Sanitária de Curitiba decidiu interditar uma creche particular do bairro Santa Quitéria. O fechamento das portas aconteceu no início da semana e uma faixa foi colocada em frente para informar que a instituição está “em reforma”. Página criada na rede social Facebook denuncia a péssima qualidade de limpeza dos banheiros e mostra crianças comendo no chão.

Pai de um menino de dois anos, o perito Antônio Rodrigues Filho contou que o filho ficou matriculado no local por três meses em 2016, mas uma infecção intestinal fez ele mudar de ideia. “Por causa da má higiene e da alimentação, decidi tirar meu filho de lá. Com isso, fiz algumas denúncias e alguns pais e ex-professores passaram a fazer relatos, mandando fotos para mostrar como tudo funcionava lá dentro”, explicou.

Reprodução

Rodrigues comenta que alguns pais chegavam a acreditar que os problemas eram motivados por falta de adaptação ao local. “Conversando, conseguimos notar que várias crianças tinham problemas, mas não conseguiam ligar que isso acontecia pelas condições da escola. Até mesmo alimentação crua era entregue para os alunos”, comentou.

A página criada pelos pais no Facebook mostra várias fotos do local. Entre os maiores problemas, é possível perceber os graves problemas de limpeza nos banheiros. Mas é a alimentação que mais chama a atenção, com alguns dos pequenos pegando comida no chão.

Entre os motivos alegados pela Vigilância Sanitária para a interdição estão irregularidades na estrutura física, condições de higiene, falta de licença sanitária, falta de projeto aprovado na Secretaria Municipal da Saúde e proliferação do mosquito Aedes aegypti. “No momento da inspeção, a vigilância constatou essas questões, que foram verificadas e autuadas. Já sobre a alimentação, nós não estivemos nesse momento no local, então não foi constatado e não consta nos autos”, disse a coordenadora da Vigilância Sanitária em Curitiba, Francielle Narloch.

Alerta

À imprensa, Francielle fez um alerta para que pais não escolham a creche errada ao matricular os filhos. Ela destaca que qualquer condição estranha deve ser repassada à Prefeitura de Curitiba. “É importante que os pais verifiquem, além da condição pedagógica, a regularidade e a documentação mínima necessária para o funcionamento de Curitiba. Então são outras questões diante de órgãos competentes”, concluiu.

A Banda B tentou entrar em contato com o Centro de Educação Infantil Tia Déo, mas ninguém atendeu às ligações.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Por Felipe Ribeiro Banda B

Notícias Relacionadas

Comentar: Paraná: Fotos mostram crianças comendo no chão e Vigilância Sanitária interdita creche

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596