sexta-feira, 5 de junho de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Paraná: Mulher finge ser cliente de salão para marido cometer assalto: “É uma atriz”

Paraná: Mulher finge ser cliente de salão para marido cometer assalto: “É uma atriz”
Crédito da foto Para (Foto: Reprodução/Colaboração Banda B)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Um salão de beleza localizado na Rua São Bento, no bairro Hauer, em Curitiba, foi alvo de um casal de assaltantes ‘bons de atuação’ neste sábado (17). Segundo a dona do estabelecimento, que preferiu não se identificar, tudo começou quando a mulher foi até o local fingindo ser uma cliente.

“Pela manhã, ela chegou e pediu por um horário para fazer a unha. Nós comentamos que a agenda estava cheia e que talvez teríamos algum tempo disponível mais tarde. A mulher falou que tinha um consultório ali perto, só não mencionou do quê, e que iria até lá para checar como estavam os seus compromissos, e retornaria depois”, relatou a proprietária em entrevista à imprensa neste domingo (18).

 Após cerca de 40 minutos, a suposta cliente voltou e foi atendida por uma funcionária na recepção, que pediu que ela passasse o número do celular para que fosse possível agendar o horário. “Até achamos estranho que o telefone não estava dando certo no sistema. Enquanto a gente conferia a agenda novamente, um homem entrou no salão alegando que queria marcar o corte de cabelo da esposa. Assim que chegou atrás da mulher, que até então achávamos que era uma cliente, ele puxou uma arma e a encostou nas costas dela. O assaltante disse que queria a grana do caixa e os nossos celulares. Ele passou uma sacola para a mulher e ela foi recolhendo os aparelhos”, completou a dona do estabelecimento.

Depois de pegar o que queria, o homem foi embora e a ‘cliente’ ficou no local, fingindo desespero. “Ela parecia praticamente uma atriz. Ela ficou desesperada, tremia… Falou que precisava arranjar o celular de alguém porque tinha que ligar para o marido dela, que era policial militar, e que ele poderia ajudar a pegar o bandido. A gente jamais imaginou que ela estava envolvida nisso”.

A mulher ainda emprestou o telefone de outra cliente que conseguiu esconder o aparelho do ladrão e mentiu que ligava para o marido, pedindo socorro. “Em seguida, ela devolveu o aparelho e foi embora. Nós chamamos a polícia, que registrou tudo e pegou as imagens das câmeras de segurança. Nós falamos sobre o jeito dessa mulher e decidimos ligar para o contato que ela tinha deixado, para ver se ela tinha conseguido alguma coisa com o tal do marido. No fim, o número que ela deu era de outra pessoa”.

Marido e mulher

A dona do salão também pediu para que a cliente que emprestou o celular para a mulher após o assalto conferisse o número para o qual ela tinha ligado, mas não havia nada no histórico. “Nisso, o policial que estava com a gente já disse ‘eles estão juntos’. Aí sim que a gente se ligou. Depois disso, eu fui correr pelo bairro, falar com os comerciantes e vários deles reconheceram essa mulher pelas imagens. Uma testemunha viu o casal entrando em um carro Smart azul, informação que ajudou a polícia a chegar até eles”.

Segundo ela, o casal foi preso em casa, a poucos quilômetros do salão, na tarde de ontem. “Eles confessaram o crime e admitiram que ‘desovaram’ os celulares em uma favela no Parolin. O dinheiro do caixa ainda estava com eles. Nós fizemos o reconhecimento e tudo. Quem vê nem imagina que eles são assaltantes. Ela estava bem vestida e tudo mais… Eu encontrei até as redes sociais deles e vi que eles pareciam ter uma vida boa, tinha até foto deles indo na igreja. Mas, segundo a polícia, parece que ambos já têm várias passagens”, finalizou.

Os dois foram detidos pela Polícia Militar e encaminhados ao 8º Distrito Policial, onde permanecem à disposição da Justiça. Sobre o caso, a imprensa entrou em contato com a assessoria da Polícia Civil, que confirmou a prisão dos suspeitos pelo crime de roubo agravado.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Marina Sequinel

Notícias Relacionadas

Comentar: Paraná: Mulher finge ser cliente de salão para marido cometer assalto: “É uma atriz”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596