terça-feira, 11 de Maio de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Paraná: Vizinhos escutam explosão e bombeiros encontram homem eletrocutado dentro de empresa

Paraná: Vizinhos escutam explosão e bombeiros encontram homem eletrocutado dentro de empresa
Crédito da foto Para Vizinhos disseram que local é frequentado por moradores de rua. Foto: DM/Banda B
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Um homem morreu eletrocutado na manhã desta quarta-feira (20) dentro de uma antiga empresa de telecomunicação, no bairro Pilarzinho, em Curitiba. Ele aparentava ser morador de rua e ter cerca de 35 anos. De acordo com moradores da região, o local é constantemente invadido na tentativa de furto a fios elétricos.

A empresa fica na rua Marta Kateiva de Oliveira e está abandonada há meses. Vizinhos disseram à Banda B que escutaram um barulho alto de explosão, no início da manhã. “Foi muito alto, não entramos porque é um terreno particular, mas ligamos para a polícia. Entraram e encontraram o homem morto”, contou João Lazari, antigo morador da rua.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e o subtenente Weber disse que o homem já estava morto e nada pode ser feito. “A gente se deparou com uma pessoa caída próximo ao transformador, dentro da edificação, provável que tenha recebido uma descarga elétrica. Talvez pudesse ter tentado furtar, segundo relato dos vizinhos. Ele está bem próximo a muita fiação, até não mexemos muito porque ele pode estar em contato com alguma fonte de energia”, descreveu.

Acompanhando a movimentação dos bombeiros e da polícia, João continuou no local e falou sobre a falta de segurança na empresa. “Esse prédio está abandonado, até dezembro tinha segurança, mas depois passou a não vir mais e o pessoal começou a invadir. Tem fiação, tem janela que está sendo levada, já estão destruindo tudo, é uma vergonha. Os vizinhos escutam briga de madrugada e tudo mais”, finalizou.

O corpo do homem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. A identificação acontecerá por meio de papiloscopistas do Instituto de Identificação.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Elizangela Jubanski e Djalma Malaquias

Notícias Relacionadas

Comentar: Paraná: Vizinhos escutam explosão e bombeiros encontram homem eletrocutado dentro de empresa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596