Sunday, 24 de January de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Polícia Civil e Depen prendem casal de traficantes

Polícia Civil e Depen prendem casal de traficantes
Photo Credit To Policia Civil
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Policiais civis e agentes de cadeia (Depen) realizaram na manhã de quarta-feira, dia 17, a prisão em flagrante de Wesley Henrique Guimarães dos Santos(foto), 21, e Adriele Amanda Crescêncio(foto), 27, a “Coló”, pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico, com pena agravada pelo fato de destinar a droga ao ingresso no sistema prisional.
Sob o comando do Subchefe de Cadeia Pública Denilson Kuster, agentes de cadeia flagraram Adriele portando cerca de 40 gramas de maconha que estava escondido em fundo falso de pote de sorvete(foto) que se destinava ao detento Wesley.
Em seguida, a equipe do delegado Tristão Antônio Borborema de Carvalho desenvolveu diligências complementares, apreendendo aparelho celular da moça – que possui outras passagens –  que continha mensagens de texto que indicavam que a droga destinava a Wesley para distribuir aos demais presos.
Uma terceira pessoa que se comunicou com “Coló” e que obteve a droga já foi identificada e sua prisão será solicitada para a Justiça pelo delegado.
Adriele tentou forjar, anos atrás, uma “denúncia” segundo a qual um colégio estaria servindo alimento fora da validade para os alunos.A mentira só foi “aceita” por irresponsáveis que tentaram, sem conseguir, macular a imagem do estabelecimento de ensino.Investigação comprovou depois que foi tudo invenção da marginal,admitida apelas por inconsequentes.
Ela também já foi presa por tráfico de drogas em 2013, ao passo que Wesley estava preso desde novembro de 2014, quando foi detido pela Polícia Civil pela participação em série de assaltos na cidade.
Foi apreendido o aparelho celular dela para realização de perícia.
Ambos seguem presos na Cadeia Pùblica da 38ª Delegacia Regional de Polícia à disposição da Justiça Criminal.
Pela Polícia Civil participaram das diligências os investigadores André Facco, Célia Ricardo e Marcos Rodrigues e pelo Depen a agente Crisângela.
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Policia Civil

Related posts

Comentar: Polícia Civil e Depen prendem casal de traficantes

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596