Saturday, 19 de September de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Taxista some após corrida e horas depois carro é encontrado queimado; corpo degolado estava a 5 km

Taxista some após corrida e horas depois carro é encontrado queimado; corpo degolado estava a 5 km
Photo Credit To Imagem Ilsutrativa google imagens
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Um taxista que saiu de casa para uma corrida na tarde deste domingo (13) pode ter sido assassinado na Rodovia Antônio Gasparin, localidade de Bacaetava, em Colombo, na região metropolitana de Curitiba. O carro dele, um Cobalt, com placas de Colombo, foi encontrado carbonizado e um corpo, a 5 quilômetros, degolado. A Polícia Militar (PM) acredita que seja o taxista desaparecido. A família ainda não fez o reconhecimento, mas deve comparecer ao Instituto Médico Legal (IML) nas próximas horas.

O tenente Mariano afirmou que o corpo e o carro batem com as características do taxista, que saiu de casa logo após o almoço para fazer uma corrida. “Na verdade, o veículo foi encontrado a cerca de 5 quilômetros do local onde estava o corpo. A princípio, a gente não tem a identificação oficial, mas acreditamos ser o taxista. Tudo indica que seja”, descreve.

Segundo ele, a família ainda não o identificou, mas já foi contatada pelos policiais. Ele foi identificado oficialmente como Cleofas Marzczaokoski. A princípio, a polícia acreditou que a vítima seria o dono do carro, no entanto, se confirmou que o taxista, que trabalhava com o veículo, é que seria a vítima fatal. A Polícia Científica esteve no local e afirmou que o taxista foi morto com ferimentos por arma branca. Havia sinais de violência por todo o corpo e o trabalhador foi degolado, segundo peritos.

O delegado Erineu Sebastião Portes, de Colombo, acredita que a motivação ainda seja desconhecida. “Fato curioso é que ele estava com o relógio e a aliança, o que indica que não foi latrocínio. Ele estava com os documentos, mas sem a carteira. Mas tudo será investigado. Dá para presumir também que o crime aconteceu há cerca de 6 horas antes, por causa do estado do corpo, como constatou a perícia”, finaliza.

O caso será investigado pela Delegacia de Colombo. Ainda não há uma linha de investigação sobre o crime.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

Related posts

Comentar: Taxista some após corrida e horas depois carro é encontrado queimado; corpo degolado estava a 5 km

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596