terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Traficante é preso em Audi com escolta de ex-policiais

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Policiais que atuam no Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Curitiba prenderam na quinta-feira (16) um traficante que atuava na Grande Curitiba e de mais dois ex-policiais militares, por porte ilegal de armas.

Considerado um dos maiores traficantes do Paraná, Éder Conde foi preso em uma operação da Polícia Federal em 2010 (Operação Ressaca), e condenado, em junho de 2011, a 22 anos de prisão por tráfico de drogas, associação para o tráfico, lavagem de dinheiro, porte ilegal de armas e receptação. Ele cumpria pena na Colônia Penal Agrícola, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, quando chegou ao conhecimento do Gaeco que ele deixaria a unidade prisional, beneficiado com saída temporária.

Éder Conde foi abordado pelos policiais do Gaeco em um veículo Audi A6, blindado, sob escolta de dois ex-policiais fortemente armados: com eles a polícia apreendeu uma submetralhadora marca Beretta calibre 9mm, uma pistola Glock calibre 380 e uma pistola Bersa calibre 9mm, além de mais de 100 munições calibre9 mm, 28 munições calibre 380, e duas balaclavas (gorros) e um colete balístico. Todos foram autuados por porte ilegal de armas, tanto de uso restrito quanto de uso permitido.

Um dos ex-policiais que acompanhava o traficante foi preso, em 2005, na Operação Tentáculos, da Polícia Civil, que desarticulou uma quadrilha de policiais envolvidos com o crime organizado. O traficante Éder Conde também foi preso nesta mesma operação, suspeito de ser o mandante da morte de um comandante da Polícia Militar que investigava uma quadrilha de extermínio que tinha, também, envolvimento com o tráfico de drogas. O outro ex-policial foi denunciado à Justiça, em 2012, por corrupção, e foi excluído da corporação em função desses fatos.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Bonde com MP-PR

Notícias Relacionadas

Comentar: Traficante é preso em Audi com escolta de ex-policiais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125