Monday, 21 de September de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Em tempos de crise, trabalhador evita tirar as férias

Em tempos de crise, trabalhador evita tirar as férias
Photo Credit To imagem ilustrativa google imagens
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Mais de 39% dos trabalhadores brasileiros afirmam não ter desfrutado de férias nos últimos 12 meses. O dado é parte da Pesquisa dos Profissionais Brasileiros, um estudo anual feito pela Catho, site de emprego líder do país, para traçar um panorama sobre a contratação, demissão e carreira dos trabalhadores.

A pesquisa, realizada em 2015, indica uma mudança em relação ao ano anterior. O patamar atual de funcionários que não tiram férias, em relação ao ano de 2014, é maior, Os dados apurados pela pesquisa mostram que aumentou em 2,3 pontos porcentuais o porcentual de brasileiros que não tiraram férias nos últimos 12 meses.

De acordo com os dados, 5,6% e 13,6% dos profissionais aproveitaram uma e duas semanas de férias, respectivamente. A pesquisa também mostra que 15,8% dos trabalhadores tiraram férias por três semanas.

As informações da Catho ainda mostram que dentre os profissionais que tiraram férias, a maioria (25,8%) optou por tirar o período completo, ou seja, ficar 30 dias afastado das atividades laborais.

Especialistas afirmam que o período de férias é importante para que o profissional descanse e depois possa retomar suas atividades com fôlego renovado.

“Em um período em que as empresas reduzem quadros e exigem mais do funcionário, no entanto, tornam-se mais comuns os casos em que o profissional decide adiar as férias”, afirma Murilo Cavellucci, Diretor de Gente e Gestão da Catho.

Pesquisa

A Pesquisa dos Profissionais Brasileiros – Um Panorama sobre a Contratação, Demissão e Carreira dos Profissionais é uma publicação da Catho, site de empregos líder no Brasil, desde 1988. Originalmente lançada a cada dois anos, passou a ser anual em 2013.

O levantamento de 2015 contou com 23.011 respondentes de todo o Brasil. Do total de respondentes, 54,2% estão empregados; sendo que 29,7% são de grandes empresas (com mais de 500 funcionários).

 

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Bem Paraná

Related posts

Comentar: Em tempos de crise, trabalhador evita tirar as férias

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596