Friday, 25 de September de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Agricultores familiares recebem novas moradias em três municípios

Agricultores familiares recebem novas moradias em três municípios
Photo Credit To AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Representantes do Governo do Paraná, governo federal e prefeituras entregaram nesta quinta-feira (17) as chaves de novas moradias a famílias de pequenos produtores rurais de Joaquim Távora, Salto do Itararé e São José da Boa Vista. Os imóveis foram construídos através de uma parceria dos três níveis do poder público. Os investimentos conjuntos totalizam R$ 2,5 milhões através do Programa Nacional de Habitação Rural, com a participação da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil como agentes financeiros.
A participação do governo estadual nos projetos envolveu o trabalho da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Copel, Sanepar, Emater e Secretaria da Agricultura e Abastecimento. De acordo com o presidente da Cohapar, Abelardo Lupion, os órgãos do Governo do Estado estão atuando de forma integrada para atender as necessidades da população mais carente de todas as regiões. “O governador Beto Richa assumiu o compromisso de levar dignidade às famílias paranaenses por meio de melhores condições de moradia”, afirma Lupion.

No meio rural, já são mais de 13 mil unidades habitacionais entregues ou em construção desde 2011. Pelos critérios do programa, agricultores com renda familiar bruta anual de até R$ 15 mil selecionados pelos projetos têm subsídios de R$ 28.500 para a construção de suas casas, com acompanhamento técnico da Cohapar e Emater. Após a entrega dos imóveis, eles arcam com uma parcela do valor, dividido em quatro prestações de R$ 285 ao ano.
JOAQUIM TÁVORA – Vinte e sete casas rurais foram entregues no município, na região do Norte Pioneiro. Os investimentos foram de R$ 770 mil. Segundo o prefeito Gelson Nassar, a conclusão do empreendimento é resultado das parcerias de trabalho firmadas entre todos os órgãos públicos envolvidos. “Esse sonho só foi possível graças a parceria com o Governo do Paraná, através da Cohapar e com a Caixa. Essas são famílias que batalharam por toda a vida e merecem esse apoio dos órgãos públicos”, relata.
Uma das famílias contempladas em Joaquim Távora é a de Luiza Manoel, de 44 anos. A produtora rural, viúva há três anos, é responsável pela criação dos dois filhos e está satisfeita com a mudança para o novo lar. “Com muita dificuldade nós estamos melhorando de vida aos poucos. Graças a Deus nós pudemos realizar esse sonho que era ter uma casa nova e boa como essa, que com certeza vai ser uma garantia de um futuro melhor pros meus filhos”, diz Luiza.
SÃO JOSÉ DA BOA VISTA – No município, 24 famílias rurais foram beneficiadas e preparam a mudança para novas casas, com investimentos de R$ 684 mil. Para o prefeito Sérgio Kronéis, a parceria do governo estadual tem sido imprescindível para a execução dos projetos de habitação rural. “Entregamos anteriormente 24 unidades, que se somam a estas 24, além de estarmos na iminência de iniciar as obras de mais 23 casas para a população do campo”, aponta Kronéis.
“Esta é uma iniciativa essencial para São José da Boa Vista, que tem um perfil de economia agrícola. Com a ajuda do governo estadual, estamos oferecendo condições para que os jovens também permaneçam no campo e contribuam com a nossa economia”, afirma o prefeito.
Maria Rosalva, 38, trabalha com o marido na propriedade da família com a criação de gado de leite e café. O casal já realizou a mudança para o novo lar, construído na frente da antiga casa de madeira, onde pretendem ficar para o resto da vida. “Quando nós mudamos pra cá, há uns cinco anos, a casa já tava bem acabadinha e precisava de uma reforma. Aqui ficou bem melhor a situação e nós vamos trabalhar pra melhorar ainda mais”, comemora a agricultora.
SALTO DO ITARARÉ – Com investimentos de R$ 541, a localidade foi contemplada com 19 unidades do programa. O prefeito Israel Domingos classificou o projeto como sendo de suma importância para a redução do êxodo rural. “Esta é uma grande iniciativa realizada em parceria com o governo estadual e o governo federal. Através dela, estamos segurando o homem no campo, que muitas vezes deixa a sua propriedade por falta de condições de construir ou reformar a sua moradia”, argumenta Domingos.
O agricultor Ademir de Carvalho, 55, vivia com a esposa, Elza, em um barraco de madeira improvisado na propriedade, onde eles trabalham com a criação do bicho-da-seda. A renda da família nunca foi suficiente para que o casal construísse uma nova casa. “A condição da casa era bem ruim, tanto que desde que nós soubemos do programa nós torcemos pra sermos selecionados”, conta o produtor.

 

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

Related posts

Comentar: Agricultores familiares recebem novas moradias em três municípios

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596