domingo, 12 de julho de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Morre jovem atingido por tiro durante abordagem de polícia, a PM alega que o disparo foi acidental

Morre jovem atingido por tiro durante abordagem de polícia, a PM alega que o disparo foi acidental
Crédito da foto Para www.ourinhosnoticias.com.br / Foto: Facebook
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O jovem Braian Cristiano Bueno Silva, 22 anos, morador de Santa Cruz do Rio Pardo, morreu na madrugada de hoje (9/6). Ele foi atingido pelo disparo acidental de uma arma de fogo durante uma abordagem da polícia militar na saída da FAPI (Feira Agropecuária e Industrial), por volta das 2h30. O fato foi registrado como Homicídio Culposo (quando não há intenção de matar).

De acordo com Capitão Wagner Duarte, os policiais que participaram da abordagem afirmam que a vítima que não tem antecedentes criminais, estava no banco do carona no veículo, que seguia no sentido centro/FAPI, em zig zag derrubando os cones que separam a pista.

“Um policial deu sinal de para, que foi obedecido, a porta do carro foi aberta e um segundo policial chegou com a arma em punho, que é um procedimento normal da policia nesses casos, sendo que a vitima levantou as mãos subitamente, momento em que aconteceu o disparo acidental”, relatou Capitão Wagner a imprensa.

O tiro transfixou o pescoço da vítima, que foi socorrida, mas já chegou sem vida na Santa Casa de Misericórdia de Ourinhos.

O policial que fez o disparo não teve o nome revelado e será transferido para o Presidio Militar Romão Gomes, em São Paulo, onde permanecerá a disposição do Poder Judiciário.

Já a família da vítima afirma que, os jovens que estavam junto com Braian relatam que não estavam com o veiculo em zig zag e que a vítima teria derrubado um cone com a mão, eles confirma que o jovem teria levantado as mãos, com a intenção de mostrar que não estava armado. 

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: www.ourinhosnoticias.com.br

Notícias Relacionadas

Comentar: Morre jovem atingido por tiro durante abordagem de polícia, a PM alega que o disparo foi acidental

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596