terça-feira, 2 de junho de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Ao ser atacado por cães de grande porte, policial militar de folga é obrigado a atirar para se defender

Ao ser atacado por cães de grande porte, policial militar de folga é obrigado a atirar para se defender
Crédito da foto Para Anuncifacil-tinti
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

De acordo com o Tenente André, Subcomandante da 1ª Companhia da Polícia Militar de Cornélio Procópio, na manhã de quinta-feira (6), por volta do meio dia, um membro da corporação que estava de folga e caminhava pela Rua Carlota Gonçalves Arebola, no Jardim Primavera, se deparou com três cães de grande porte que saíram de uma casa, que estava com o portão aberto.

Segundo o subcomandante, os cães teriam ido para cima do soldado, que para se proteger, sacou de usa arma e atirou, vindo a ferir um dos cães, que morreu.

Imediatamente o policial militar acionou o comando da PM informando o fato e solicitou a presença de uma equipe, permanecendo no local e dando apoio a proprietária dos cães, que ficou abalada com a morte do animal de estimação e foi hostil com o soldado.

Conforme descrito pelo Tenente André, um procedimento administrativo foi aberto, onde as partes envolvidas poderão relatar as suas versões para um melhor detalhamento da situação.

O subcomandante lamentou o fato, mas lembrou que por sorte, quem estava na rua era um policial militar, em outra situação, que poderia envolver uma criança ou um idoso, esta poderia ter um final mais trágico.

O Tenente André disse que a proprietária do animal afirmou que ele era dócil, o que pode ser natural entre a família, mas o cão tem instinto de defesa e proteção da área onde fica, se sentindo o policial ameaçado, que foi obrigado a tomar a medida necessária que ele podia fazer naquele momento.

O subcomandante finalizou afirmando que toda a situação seria avaliada pelo comando da PM e se fosse necessário, medidas seriam tomadas, porém, horas depois, a proprietária do animal provocou uma grande confusão na frente da casa do pai do policial militar envolvido na situação.

Conforme relato do SD Edmar da PM que atendeu a ocorrência, no final da tarde a central da 1ª Cia recebeu um chamado do pai do policial que atirou no cão, pois a dona do animal o colocou morto em uma carriola e levou até a casa do senhor, o deixando na frente da residência, onde passou a ofendê-lo, gerando uma confusão com a presença de outras pessoas.

Uma equipe da PM foi até o local, onde constatou o fato e como o senhor decidiu representar contra a mulher, pois sua família foi exposta em uma situação vexatória, as partes foram encaminhadas a 1ª Cia para ser feita uma representação contra a senhora e Confecção de Termo Circunstanciado, informou o SD Edmar.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Anuncifacil-tinti

Notícias Relacionadas

Comentar: Ao ser atacado por cães de grande porte, policial militar de folga é obrigado a atirar para se defender

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596