Monday, 21 de September de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Caminhão carregado de areia perde o freio e capota em curva da BR 36

Caminhão carregado de areia perde o freio e capota em curva da BR 36
Photo Credit To Anuncifacil-tinti
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

No início da tarde de sexta-feira (4), por volta das 12h, um acidente foi registrado no KM 93 da BR 369, na região de Cornélio Procópio, onde um caminhão tombou em uma curva, já famosa por outros acidentes, quando seguia em direção à região metropolitana de Londrina.

O SD Cândido, da Polícia Militar de Nova Fátima, morador de Uraí, seguia para casa de ônibus após o seu plantão e se deparou com o acidente. O PM imediatamente desceu do coletivo e foi em socorro ao motorista, que por sorte, nada sofreu.

A carga de areia se espalhou pela pista e para garantir a segurança até a chegada das equipes da Polícia Rodoviária Federal e Econorte, o SD Cândido permaneceu no local alertando os demais motoristas para evitar novos acidentes, além do controle do tráfego de veículos, que é intenso na BR 369.

O motorista do caminhão, de nome Adalto, relatou que seguia a rodovia vindo de Congonhinhas, tendo como destino final a cidade Rolândia, quando de repente faltou o freio e mesmo tentando controlar os giros do motor, estes foram aumentando.

Ele afirmou que tinha consciência que não conseguira fazer a curva e a opção seria jogar o veículo na contramão, mas isto iria provocar uma tragédia, então decidiu correr o risco, vindo a tombar.

Adalto disse que há catorze anos trabalha como caminhoneiro, usando a BR 369 a cada dois dias e este foi o primeiro acidente em que se envolveu. O motorista agradeceu a Deus por não ter sofrido maiores ferimentos, apesar dos danos em seu caminhão.

O caminhoneiro foi avaliado por uma equipe de socorro da Econorte e logo foi liberado.

Para o SD Cândido, é dever de todo policial militar, mesmo de folga, prestar auxílio à população e neste caso em particular, como se tratava de um acidente, seu senso obrigação era maior ainda, independente de ter perdido seu ônibus, chegando atrasado em casa após uma jornada de trabalho.

O SD Cândido é um destes profissionais da segurança pública que mostra para todos nós, que a polícia não é uma instituição de opressão, mas sim uma organização que treina seus comandados para ajudar em qualquer situação e devemos reconhecer a sua dedicação e senso de responsabilidade.

 

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Anuncifacil-tinti

Related posts

Comentar: Caminhão carregado de areia perde o freio e capota em curva da BR 36

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596