Saturday, 5 de December de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Em meio a disputa por herança, idoso é encontrado morto e família quer investigação

Em meio a disputa por herança, idoso é encontrado morto e família quer investigação
Photo Credit To JC/Banda B
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A morte de um idoso de 91 anos em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, que aconteceu no sábado (20) tem todos os indícios de uma morte acidental. No entanto, a família garante que Xisto de Andrade pode ter sido assassinado. Segundo eles, se arrasta por meses a disputa por uma herança e, por isso, a família quer investigação criminal. Ao todo, são 13 filhos.

O idoso morava na rua Faustino Regis Filho no bairro Laranjeiras, e foi encontrado pela vizinha da frente, que mora em um mesmo terreno. Segundo os filhos, ele vivia com a esposa, de 67 anos. Assim que souberam, os filhos do homem foram até o local. A Polícia Militar (PM) foi acionada, o socorristas do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) e investigadores da delegacia do município.

O perito criminal Eumir Machado de Oliveira, do Instituto de Criminalística do Paraná, disse à Banda B que a probabilidade de uma queda é grande, mas tudo será checado. “Ele foi encontrado caído na cozinha, tinha pequenas escoriações no pescoço, no pombo de adão, cortes superficiais, hematomas na boca, como que tivesse acontecido uma queda e ele  bateu na mesa. Aparentemente são lesões superficiais, ele pode ter tropeçado e caído, mas como a família alega sobre essa questão da herança e que pode ter acontecido um homicídio vamos fazer um trabalho minucioso”, disse.

De acordo com o perito, o ferimento no pescoço não é compatível ao uso de faca. “Não parece que foi faca, parece quina de mesa, não tinha nada cortante. Tinha um pedaço de um prato, mas não tinha marcas de sangue”, finalizou.

Segundo um dos filhos da vítima, que pediu para não ser identificado, há disputa em torno de uma herança entre eles e, por isso, houve a suspeita sobre o homicídio. O corpo do idoso foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e a Delegacia de Piraquara investiga o caso.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Elizangela Jubanski e Juliano Cunha

Related posts

Comentar: Em meio a disputa por herança, idoso é encontrado morto e família quer investigação

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596