quinta-feira, 5 de agosto de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Falta de alunos fecha três cursos técnicos no Norte Pioneiro

Falta de alunos fecha três cursos técnicos no Norte Pioneiro
Crédito da foto Para Martinho de Paula
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Sem demanda estabelecimentos de ensino buscaram alternativas

A Secretaria de Estado da Educação (SEED) do Paraná extinguiu três cursos técnicos profissionalizantes na área abrangida pelo Núcleo Regional da Educação (NRE), com sede em Jacarezinho. Dois deles  em Santo Antônio da Platina (Recursos Humanos e Vendas), sendo que por mais de dez anos formaram centenas de estudantes. Em Jacarezinho um curso foi encerrado de maneira definitiva.

Apesar do encerramento, novos cursos foram implantados. É o que aconteceu no Colégio Estadual Rio Branco (foto), por exemplo.

Segundo a professora Ana Maria do Prado Valdivieso, “não existe mais demanda de alunos por esses cursos, que já formaram centenas de trabalhadores em mais de uma década; esses cursos não têm despertado o interesse dos candidatos, pois há muitos profissionais formados nessa área e houve a necessidade de implantação de novos cursos para atender à vocação regional”, explicou a diretora.

Nesse caso, os dois cursos foram substituídos e um terceiro implantado. São os cursos técnicos em Informática, Administração de Empresas e Formação Docente. “Temos turmas de alunos que estão estudando e se formando nessas três áreas, cujo demanda atende às necessidades regionais”, aponta a diretora do Colégio Rio Branco.

No caso de Jacarezinho, o Colégio Estadual Luiz Setti (foto) implantou o curso de Técnico em Redes de Computadores. No entanto, os alunos tiveram dificuldades com a disciplina de matemática, que é uma das bases do curso. Como houve muita desistência e pela falta de interessados, o Governo do Paraná optou por “cessar voluntária e definitivamente as atividades relativas ao curso”. A única turma de alunos formou-se em 2015.

A direção do estabelecimento de ensino optou por implantar o curso de Técnico em Informática, que está em pleno funcionamento e com demanda de alunos para a manutenção e continuidade do curso

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Martinho de Paula

Notícias Relacionadas

Comentar: Falta de alunos fecha três cursos técnicos no Norte Pioneiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596