Saturday, 23 de January de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Idoso que matou filho era humilhado em Jaboti

Idoso que matou filho era humilhado em Jaboti
Photo Credit To Folha Extra
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
José Antônio de Souza(foto), o idoso de 75 anos que matou o filho a golpes de machadinha na última terça-feira (16)é descrito por quem o conhece como um homem honesto, de boa índole e pacato, o idoso cometeu um crime bárbaro ao assassinar o próprio filho, Edione Moacir de Souza, de 39 anos, em Jaboti, na casa onde viviam, a golpes de machadinha(foto).
As motivações já parecem claras: José Antônio chegou no limite. Constantemente ameaçado e constrangido por Edione, que era alcoólatra e usuário de drogas, pagava a pensão de netos, além de sustentar outro que morava na casa onde aconteceu o crime. Também teve um relacionamento destruído pelo filho, que passou a ameaçar sua segunda esposa, quando a família ainda vivia na região de Campinas (SP).
O motivo era que Edione achava que o pai gastava muito dinheiro com a companheira – mesmo tendo seus vícios custeados por José Antônio. Quando a família retornou a Jaboti após anos morando em solo paulista, Edione teve a motocicleta apreendida por problemas na documentação.
O veículo, comprado através de um empréstimo consignado feito pelo pai, ficou perdido. Edione desde então passou a cobrar o pai para que lhe comprasse uma nova moto. As brigas, diárias, estavam piorando.
“O Edione não trabalhava, tinha vícios bancados pelo pai e depois que perdeu a primeira moto, que já tinha sido comprada pelo pai, passou a pressionar o José Antônio para que comprasse outra, que inclusive já tinha até acertado o negócio”, relata a delegada da Polícia Civil de Tomazina, Silmara Revoredo Pereira.
“Era uma situação dramática que terminou com este ato de irracionalidade. As brigas eram diárias e as ameaças do filho contra o pai também”, continua a delegada, afirmando ainda que o pai já havia por vezes tentado internar o filho para a reabilitação, sem sucesso.
“Ele é uma pessoa de boa índole e está arrependido. Podemos ver a agonia no seu rosto, assim como dos outros familiares, porque é uma família de princípios que foi mais uma vítima das drogas”, completa Silmara.
José Antônio seguirá preso em Tomazina e responderá por homicídio(Texto:Folha Extra).
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Folha Extra

Related posts

Comentar: Idoso que matou filho era humilhado em Jaboti

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596