quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Instituto capacita polícia civil para contatar surdos em Jacarezinho

Instituto capacita polícia civil para contatar surdos em Jacarezinho
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
A Língua Brasileira de Sinais (Libras) é o meio de comunicação das pessoas com deficiência auditiva no Brasil e colabora diretamente para a quebra do preconceito e inclusão social dos surdos na sociedade. Nesse sentido, o Instituto Federal de Jacarezinho, por meio do Núcleo de Apoio às Pessoas com Necessidade Específicas (NAPNE), está desenvolvendo curso básico de Libras em parceria com a Polícia Civil de Jacarezinho.
O objetivo é facilitar o acesso da sociedade a essa língua, respeitar e interagir com os surdos nos diversos espaços e nos ambientes profissionais.
O curso, de 20 horas, capacitará cerca de 20 policiais civis no aprendizado da língua de sinais, visando uma melhor comunicação entre os agentes e a comunidade surda. Esta parceria é vital para que os surdos tenham atendimento adequado quando estiverem em situações adversas.
A iniciativa está sendo ministrada pelo servidor federal do IFPR e tradutor intérprete de Língua de Sinais, Thiago Jarno Mello. “A falta de conhecimento gera preconceitos e esta parceria está buscando romper estas barreiras, principalmente a da comunicação”, afirmou Thiago. A previsão é que o curso termine dia 06 de maio, já que outros projetos e parcerias semelhantes poderão ocorrer ainda nesse semestre.
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Assessoria

Notícias Relacionadas

Comentar: Instituto capacita polícia civil para contatar surdos em Jacarezinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125