Tuesday, 13 de April de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Já são 441 pacientes à espera de leito para Covid no PR e SESA acredita que tendência é piorar

Já são 441 pacientes à espera de leito para Covid no PR e SESA acredita que tendência é piorar
Photo Credit To AEN
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

São 441 pacientes aguardando por um leito específico para a covid-19 no Paraná nesta quinta-feira (25), de acordo com a Secretaria de Saúde (SESA-PR). Destes, 150 esperam por uma vaga em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), enquanto outros 291 por um leito de enfermaria. A média da transferência de um paciente no período de 24 horas após busca por assistência médica, que era de 92% dos casos, neste momento já baixou para 85%. Com isso, 15% dos que estão na fila acabam tendo uma piora no quadro por não receberem os melhores cuidados.

Segundo o diretor de gestão em vigilância da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), Vinicius Filipak, surpreende um aumento no número de pacientes graves devido à doença. “Infelizmente, a gravidade dos pacientes tem aumentado aparentemente, com mais tempo de internação, o que faz com que demore para se liberar um leito. São 3366 pacientes internados em leitos covid-19 no Paraná, com casos suspeitos ou confirmados da doença. Todas as regiões do estado estão com ocupação acima de 90%”, destacou.

Filipak confirmou uma demora acima da média na transferência dos pacientes que precisam de um leito para covid-19. “Em Curitiba são 34 aguardando vaga de UTI e 128 vagas de enfermaria. No Paraná, são 150 aguardando UTI e 291 leitos clínicos, em um total de 441 pacientes. Eles serão transferidos o mais rapidamente possível, mas nossa média, que era de 92% de pacientes internados em 24 horas, hoje já não se mantém. Hoje, 15% dos pacientes têm aguardado mais de 24 horas para conseguir um leito”, lamentou.

O diretor ainda ressaltou que isso faz com que os pacientes tenham menos chances de sobreviver. “Essa demora não é adequada, porque o tempo elevado de espera reduz o tempo de reabilitação. Mesmo com todos os leitos disponíveis, 25% não vão sobreviver, estatisticamente é isso que acontece. Destes mais de 3,3 mil internados hoje, pelo menos 800 vão morrer”, ponderou.

E para Filipak a tendência é de piora nos próximos dias. “Os casos estão subido e haverá agravamento no número de casos. São dias seguidos de recorde de pacientes internados e isso vai continuar por mais dez ou 20 dias”, concluiu o diretor.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Luiz Henrique de Oliveira Banda B

Related posts

Comentar: Já são 441 pacientes à espera de leito para Covid no PR e SESA acredita que tendência é piorar

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596