sexta-feira, 7 de agosto de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Jovens executados em cafezal podem ter sido atraídos para o local do crime

Jovens executados em cafezal podem ter sido atraídos para o local do crime
Crédito da foto Para Corpos foram encontrados na tarde de quinta-feira em um cafezal no bairro Água Branca - Foto: Luiz Guilherme Bannwart
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A Polícia Civil investiga se os dois jovens assassinados a tiros na quinta-feira (30), na zona rural de Santo Antônio da Platina, foram atraídos para o local do crime. O carro de uma das vítimas, Alexandre Fonseca, 20 anos, foi encontrado abandonado, com a chave na ignição, em uma estrada próxima ao local do duplo homicídio. Outra hipótese investigada pelas equipes da 38ª Delegacia Regional de Polícia, no entanto, é se o assassino estava dentro do carro e teria obrigado Alexandre e Vitor Miguel Borba Viana, 16 anos, a se dirigirem ao local das execuções.

Os corpos de Alexandre e Vitor foram encontrados no fim da tarde de quinta-feira por um trabalhador rural, em um cafezal, no bairro Água Branca. As vítimas estavam de bruços, com as mãos amarradas e foram alvejadas com tiros de pistola (nove milímetros e 380) na nuca, tórax, braços e pernas.

O delegado Rafael Guimarães, responsável pelo caso, confirmou que Alexandre Fonseca tinha antecedentes criminais e que Vitor Miguel Borba Viana também já havia sido detido pela Polícia Militar, contudo, apesar da evidente suspeita de se tratar de um acerto de contas, a motivação para o duplo homicídio ainda é investigada.

Policiais militares e investigadores da Polícia Civil recolheram vários projéteis no local do crime e apreenderam o carro de Alexandre Fonseca para perícia. A polícia também deve ouvir testemunhas no decorrer dos próximos dias para esclarecer as mortes.

O corpo de Alexandre Fonseca foi sepultado nesta sexta-feira (31), em Santo Antônio da Platina. O corpo de Vitor Miguel Borba Viana será sepultado na manhã deste sábado (1º), em Jundiaí do Sul.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Luiz Guilherme Bannwart tanosite

Notícias Relacionadas

Comentar: Jovens executados em cafezal podem ter sido atraídos para o local do crime

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596