sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Menina de dois anos morre após subir em balcão e cair de 1,2 metros;”Foi muito rápido”, diz pai

Menina de dois anos morre após subir em balcão e cair de 1,2 metros;”Foi muito rápido”, diz pai
Crédito da foto Para Emanuelle morreu após queda de 1,2 metros de altura (Foto: Arquivo Pessoal)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A queda de um balcão de 1,2 metros de altura terminou na morte da pequena Emanuelle Alves, de dois anos, no bairro Contenda, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, na tarde de segunda-feira (24). Em poucos segundos que ficou sozinha em um cômodo da residência, ela subiu no balcão e caiu ao tentar pegar uma caixa de pizza.

Emanuelle morreu após queda de 1,2 metros de altura (Foto: Arquivo Pessoal)

Muito emocionado e ainda não acreditando no que aconteceu, o pai de Emanuelle, Luiz Carlos dos Santos, lamentou a perda da pequena.

“Ela caiu de cima de um balcão dentro de casa, bateu a cabeça, desmaiou e não voltou mais. Ela subiu para pegar uma caixa de pizza, porque minha esposa trabalha em uma pizzaria e estava ali. Caiu de ponta cabeça e não resistiu. Estamos inconsoláveis”, disse.

O pai, que trabalha como pedreiro, relatou ainda que foi pegar a outra filha no portão da residência quando a tragédia aconteceu. “Eu sai rapidamente e tudo isso aconteceu. Foi tudo muito rápido”, contou.

Logo após a queda, os pais buscaram socorro no posto de apoio da concessionária que administra a BR-376, onde houve o atendimento médico. A menina foi entubada e encaminhada ao Hospital do Trabalhador, porém não resistiu aos ferimentos.

O velório e sepultamento de Emanuelle acontecerão entre hoje e amanhã.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

Notícias Relacionadas

Comentar: Menina de dois anos morre após subir em balcão e cair de 1,2 metros;”Foi muito rápido”, diz pai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596