sábado, 11 de julho de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Morre estudante de Ribeirão Claro

Morre estudante de Ribeirão Claro
Crédito da foto Para Npdiario
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

A estudante Carolina Mareca Benetti (fotos), de 21 anos, é uma das vítimas do acidente de ônibus que matou 18 pessoas, na noite de quarta-feira, dia oito, na Baixada Santista, entre Mogi das Cruzes e Bertioga. A jovem estudante é de Ribeirão Claro.
Ela cursava Fisioterapia e morava em Bertioga. Deixa uma filha de quatro anos.
No acidente, 15 estudantes, além do motorista, Antônio Carlos da Silva, de 37 anos, morreram na hora. Outras três morreram em hospitais. O ônibus levava universitários de Mogi das Cruzes para São Sebastião. No km 84 da rodovia, na descida da serra, o motorista perdeu o controle logo depois de fazer uma curva, atravessou a pista, bateu nas pedras, capotou e caiu em um barranco.
Segundo informações da polícia, o ônibus estava acima da velocidade permitida, de 60 km/h, mas a polícia ainda apura outros fatores que podem ter contribuído para o acidente. A viação União do Litoral, responsável pelo ônibus, nega que o veículo estivesse em alta velocidade.
A Polícia Civil também informou que não chovia e não havia neblina no momento do acidente, mas a pista poderia estar escorregadia. A empresa do ônibus contesta e diz que havia neblina no momento do acidente. Uma hora antes do acidente, o motorista avisou a mulher, por meio de uma mensagem de celular, que chegaria mais tarde em casa por conta da neblina na rodovia.
Um dos sobreviventes disse que o ônibus estava descontrolado. “Na terceira vez que ele repetiu o movimento [de tentar fazer a curva] de forma brusca e invadindo a pista, percebemos que havia algo errado. Começaram a pedir para que colocássemos o cinto. Eu coloquei e aí começou a gritaria, as pessoas se desesperaram e percebi que o meio-fio estava cada vez mais próximo, foi quando capotamos”, disse Wanderson da Silva, de 24 anos.
A vistoria ao ônibus envolvido no acidente ocorreu em 2015 e é válida até 26 de agosto de 2016. A credencial da empresa, que deve ser renovada a cada cinco anos, termina em 31 de outubro de 2016.
A rodovia chegou a ficar totalmente interditada durante a madrugada para o resgate às vítimas. A Universidade Braz Cubas, em Mogi das Cruzes, que tem alunos envolvidos no acidente,decretou luto. A Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) também. As aulas foram suspensas nesta quinta e sexta-feira. Em nota, a UMC, onde a jovem de Ribeirão Claro estudava, externou sentimentos de pesar. “Solidarizamo-nos com todas as famílias e amigos e pedimos a Deus que dê forças e conforte o coração de todos”.
Todas as vítimas já tinham sido identificadas. São elas: Ana Carolina Cruz Veloso, de 21 anos, estudante de psicologia; Antônio Carlos da Silva, de 37 anos, motorista; Aldo Sousa Carvalho, de 26 anos, estudante de engenharia; Camila dos Santos Alves, de 24 anos; Carolina Marreca Benetti, de 21 anos, estudante de fisioterapia; Daniel de Oliveira Damazio, de 25 anos; Daniel Bertoldo; Daniela Aparecida Mota Dias; Damião Nunes Braz, de 33 anos, estudante de engenharia; Gabriela Silva Oliveira dos Santos, de 22 anos, estudante de engenharia; Guilherme Mendonça de Oliveira, de 19 anos; Janaina Oliveira Pinto, de 20 anos; Lucas Inácio Alves Pereira; Maria Weirlania Macedo de Souza; Natália Rodrigues Teixeira; Rafael Santos do Carmo, de 18 anos; Rita de Cássia Alves de Lima, de 19 anos; e Sônia Pinheiros de Jesus, de 37 anos.

OnibusOnibus2acidente

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Npdiario

Notícias Relacionadas

Comentar: Morre estudante de Ribeirão Claro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596