segunda-feira, 10 de Maio de 2021

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Mulher é morta em suposto assalto e marido se desespera: “Pago R$ 10 mil por informações do assassino”

Mulher é morta em suposto assalto e marido se desespera: “Pago R$ 10 mil por informações do assassino”
Crédito da foto Para Kamila foi morta com um tiro na cabeça e nada foi levado. Hipótese de latrocínio está sendo investigada. Foto: Reprodução/ Michael Rede News
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Uma jovem de 26 anos foi morta com um tiro na cabeça na noite de quarta-feira (3) no bairro Boa Vista, em Curitiba. Kamila Cordeiro Lisboa foi ferida por um disparo de arma de fogo em um suposto assalto, em frente a casa dela. O carro, um Corsa Classic, foi incendiado e encontrado a algumas quadras do local do crime. O marido deu entrevista à Banda B e garantiu que dará recompensa de R$ 10 mil por informações sobre os bandidos. Há suspeita de latrocínio, no entanto, a Polícia Civil não descarta outro envolvimento.

kamila

Kamila foi morta com um tiro na cabeça e nada foi levado. Hipótese de latrocínio está sendo investigada. Foto: Reprodução/ Michael Rede News

Kamila tinha ido ao mercado, estava sozinha no carro, e estava próxima ao portão de casa, na rua Professora Maria Balbina Costa Dias esquina com a José Zaramella, quando foi abordada pelos bandidos. Como não há testemunhas, não é possível saber em quanto eles estavam. O disparo de arma de fogo atingiu a cabeça da jovem, o que indica que o crime possa ter sido uma execução.

O Corpo de Bombeiros (CB) e o médico do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foram acionados, mas Kamila morreu na hora. O aspirante Vicentini, do 20º Batalhão da Polícia Militar (BPM), acredita que o carro tenha sido incendiado para que fosse destruída qualquer prova sobre o autor do crime. “A vítima está caída dentro de casa, a princípio foi levado o veículo, no entanto mais nada foi levado. O carro estava próximo do local, incendiado, possivelmente para se livrar de qualquer prova do crime”, descreveu.

O marido da vítima disse que voltava de uma viagem quando o crime aconteceu. Jackson Pomin foi informado sobre o assassinado da esposa por telefone. “Recebi uma ligação do irmão dizendo que a Kamila estava morta, eu não acreditei, entrei em desespero. Vindo para cá, eu soube que meu filho viu ela e foi avisar minha mãe. A última ligação dela foi às 18h14 para minha vizinha. O estranho é que os vizinhos estavam fazendo churrasco e ninguém viu nada”, disse o marido.

O carro e uma pistola, registrada no nome do marido de Camila, foram levados pelos bandidos. A carteira e a bolsa da vítima, que estavam no banco do passageiro, os bandidos não fizeram questão de levar. O marido de Kamila aproveitou a imprensa no local para oferecer uma recompensa. “Vou lançar um desafio aqui: vou dar um prêmio para quem der informações sobre esse bandido. Eu vou dar R$ 10 mil para quem me der informação”, finalizou.

O carro de Kamila foi encontrado incendiado nas proximidades da rua Teodoro Makiolka, no bairro Barreirinha, poucas quadras da casa da família. A Polícia Civil investiga o caso e aguarda o recebimento de imagens de residências próximas para tentar identificar os bandidos e o mistério que acerca o crime.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Elizangela Jubanski e Daniela Sevieri

Notícias Relacionadas

Comentar: Mulher é morta em suposto assalto e marido se desespera: “Pago R$ 10 mil por informações do assassino”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596