quarta-feira, 17 de julho de 2019

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Norte Pioneiro não tem nenhum caso de dengue

Norte Pioneiro não tem nenhum caso de dengue
Crédito da foto Para Imagem Ilustrativa google imagens
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

O Paraná chegou a 340 casos de dengue no acumulado do período epidemiológico, que começou em agosto de 2017 segundo o relatório da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) divulgado nesta terça-feira, dia dois. Também foram registrados 8,6 mil casos suspeitos.Entre 19 de dezembro de 2017 e esta terça foram 35 novos casos de dengue no estado e outras 507 notificações da doença.No Norte Pioneiro, porém, incluindo 2018, não houve registro da doença.

Pela 19ª Regional de Saúde de Jacarezinho, houve notificações, por exemplo, em Santo Antônio da Platina (29). Jacarezinho (28), Siqueira Campos (11) , Barra do Jacaré (11) e Cambará (dez), mas nenhuma confirmação.
Se considerada a mesorregião por meio da 18ª Regional de Cornélio Procópio, houve apenas um caso autóctone – contraído dentro do próprio município – em Bandeirantes.
No novo boletim, Maringá, teve a confirmação de mais três pacientes com dengue e acumula 127 ocorrências. É o município com o maior número de casos, seguido por Foz do Iguaçu, com 31 pacientes – mesmo número do relatório anterior – e Cambé, com 19 confirmações, quatro a mais que no boletim epidemiológico de 19 de dezembro.
Os municípios com maior número de casos suspeitos notificados são Londrina (1.524), Maringá (1.148) e Foz do Iguaçu (700).

Até esta terça, 53 municípios paranaenses contavam com casos confirmados de dengue. Já o número de notificações da doença abrange 255 municípios. De acordo com a Sesa, do total de 8,6 mil notificações, 5,2 mil já foram descartadas.
Ainda conforme a secretaria, a incidência de dengue no estado é de 2,9 casos por 100 mil habitantes. A incidência é considerada baixa, de acordo com o índice do Ministério da Saúde, que classifica como alta incidência quando o número de casos é superior a 100 para cada grupo de 100 mil habitantes.
Segundo o relatório, duas cidades contam com incidência alta da dengue: Tamboara, no norte do estado, com nove pacientes positivos para o vírus da dengue – incidência de 180 casos por 100 mil habitantes –, e Itaipulândia, com 14 confirmações – 117 casos por 100 mil habitantes.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: NpDiario

Notícias Relacionadas

Comentar: Norte Pioneiro não tem nenhum caso de dengue

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596