Saturday, 24 de October de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Pai e filha de 8 meses morrem carbonizados após carro capotar no Paraná

Pai e filha de 8 meses morrem carbonizados após carro capotar no Paraná
Photo Credit To Reprodução/Portal da Cidade
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Um jovem de 20 anos e a sua filha de apenas oito meses morreram carbonizados em acidente registrado na PR-468, entre Mariluz e Umuarama (Noroeste do Paraná), no início da tarde de domingo (27). Conforme a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o jovem, identificado como Ricardo Barbosa de Toledo, teria perdido o controle do carro que conduzia, batido contra um barranco a capotado às margens da rodovia. Ainda segundo a PRE, o veículo explodiu após o capotamento, e pai e filha morreram na hora. Os corpos das vítimas foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Umuarama.

Os policiais rodoviários encontraram um botijão de gás dentro do carro após o acidente, e, agora, a Polícia Civil vai investigar se a ocorrência foi ou não causada propositalmente pelo motorista do veículo. “O botijão foi localizado intacto dentro do automóvel, apenas com a válvula danificada por conta das chamas. Conforme o Corpo de Bombeiros, apesar da batida e da explosão, não havia chances de o botijão também explodir”, contou o sargento Marcos Antônio da Silva, da Polícia Rodoviária Estadual de Umuarama, em entrevista a imprensa.

Histórico violento

Segundo o policial, o jovem morto no acidente deste domingo havia sido preso no mês passado, no município de Mariluz, após ameaçar a ex-mulher, que é mãe da criança também morta na ocorrência. “Ele foi detido após dizer que iria matar toda a família”, contou Silva.

Conforme familiares, o rapaz estava inconformado com o fim do relacionamento.

Preso em 7 de setembro, Ricardo foi solto dois dias depois por conta de uma determinação judicial. O caso de ameaça também não havia mudado a rotina do jovem, que via a filha semanalmente por conta de uma autorização judicial. Neste domingo, ele havia pegado a filha por volta das 8h na casa da mãe.

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Post source : Guilherme Batista - Bonde

Related posts

Comentar: Pai e filha de 8 meses morrem carbonizados após carro capotar no Paraná

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp 596