terça-feira, 7 de Abril de 2020

Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90
Cliente 728 x 90

Paraná: Idoso tenta ajudar vizinho a empurrar carro que não dava partida e morre atropelado

Paraná: Idoso tenta ajudar vizinho a empurrar carro que não dava partida e morre atropelado
Crédito da foto Para (Foto: Flávia Barros – Banda B)
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Um idoso de 69 anos morreu após ser atropelado no bairro Xaxim, em Curitiba, na manhã deste sábado (7). Segundo testemunhas, ele ajudava um vizinho a empurrar um veículo Gol, que não dava partida, quando o carro cedeu e acabou o atingindo, na Rua Leôncio Derosso.

Com o impacto, Pedro Celestino Schlucobier foi parar embaixo do automóvel. “Eu estava saindo para levar a minha filha na casa da avó quando ela me avisou que viu um homem debaixo do carro. Eu chamei o meu padrasto para tentar ajudá-lo e, juntos, acionamos os bombeiros, que orientaram a não mexer na vítima, para não correr o risco de piorar o estado de saúde dela. Parece que o carro perdeu o controle e o idoso foi atropelado”, contou Cíntia Elaine, moradora da região, em entrevista à imprensa.

De acordo com o tenente Hortig, do Corpo de Bombeiros, Pedro sofreu uma parada cardiorrespiratória ao ser atingido pelo veículo. “Nós o encontramos sem os sinais vitais. Tentamos reanimá-lo e demos sequência ao atendimento com o apoio do médico. Testemunhas afirmaram que ele tentava empurrar o carro subindo a ladeira”, completou.

A filha da vítima foi avisada sobre o caso e correu até o local para ver o pai. “Quando cheguei, dei de cara com a cena do acidente. É muito triste, meu pai era uma pessoa de idade, fraca, com pressão alta… Mesmo assim, ele se ofereceu para ajudar o vizinho. Ele estava sempre junto para o que der e vier”, disse ela, bastante abalada.

O processo para tentar reanimar o idoso durou mais de 45 minutos. Ele deixou três filhos e esperava a chegada da primeira bisneta. Muito emocionados, até os bombeiros choraram ao registrar a morte de Pedro.

O corpo da vítima deve ser recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba.

Assista ao vídeo registrado pela repórter Flávia Barros, que mostra o atendimento dos bombeiros:

Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125
Post Topo 747 x 125

Fonte do post: Marina Sequinel e Flávia Barros

Notícias Relacionadas

Comentar: Paraná: Idoso tenta ajudar vizinho a empurrar carro que não dava partida e morre atropelado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp 596